Enem 2020

Cidades Paraíba tem 66,6% de abstenção no segundo dia do Enem digital

Paraíba tem 66,6% de abstenção no segundo dia do Enem digital

Ao todo, 26.709 participantes compareceram ao segundo dia de aplicação da versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 nesse domingo (7). O número representa 28,7% dos 93.079 inscritos aguardados, considerando os 1.028 locais de prova. Na Paraíba, 1.162 candidatos se submeteram à prova, enquanto 2.321 faltaram, o que representa 66,6% do total […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Inep aplicou provas em 104 municípios brasileiros (Foto: Imagem ilustrativa/Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Ao todo, 26.709 participantes compareceram ao segundo dia de aplicação da versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 nesse domingo (7). O número representa 28,7% dos 93.079 inscritos aguardados, considerando os 1.028 locais de prova. Na Paraíba, 1.162 candidatos se submeteram à prova, enquanto 2.321 faltaram, o que representa 66,6% do total de inscritos para essa modalidade do exame. Os dados são preliminares, tendo em vista que os números definitivos dependem da apuração do consórcio aplicador e serão informados na divulgação dos resultados.

Leia também: Aulas recomeçam em João Pessoa, com ensino via Google e WhatsApp

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplicou as provas em 104 municípios brasileiros. No total, o exame contou com uma estrutura de 4.053 laboratórios de informática. Em entrevista coletiva no Inep, após o encerramento das provas, o presidente da autarquia, Alexandre Lopes, destacou o início do ciclo de consolidação gradual do novo modelo do Enem, que será totalmente digital até 2026. “Hoje, concluímos a primeira aplicação do Enem Digital no Brasil. Estamos reescrevendo a história do Enem, com mais um capítulo importante. O Inep e o Ministério da Educação (MEC) demonstraram que é possível fazer uma prova digital, em um exame de larga escala, no país. Sabemos que a digitalização das provas é o futuro”, disse o presidente.

Alexandre Lopes afirmou, ainda, que a versão digital será expandida a partir da próxima edição. “Vamos expandir a aplicação já na edição de 2021. Iremos ampliar a oferta para mais pessoas poderem fazer a prova digital”, pontuou. O diretor de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais do Inep, Camilo Mussi, chamou a atenção para o avanço logístico do Enem Digital. “Fizemos a distribuição das provas, no dia da aplicação, em mais de 93 mil computadores. Distribuímos tudo online. Além disso, temos o resultado imediato de todas as marcações que os participantes fizeram. Esse formato traz uma agilidade muito grande em todos os aspectos que envolvem a aplicação”, explicou.

O diretor de Gestão e Planejamento do Inep, Murillo Gameiro, destacou o esforço para a realização do Enem, diante das dificuldades impostas pelo contexto da pandemia de Covid-19. “Nesse período difícil, de muita adversidade, foi importante conseguir proporcionar as condições para que o Enem fosse aplicado e, assim, dar a chance de uma melhoria na qualidade de vida de milhões de brasileiros”, afirmou. Para o diretor substituto de Avaliação da Educação Básica da autarquia, Eduardo Sousa, “a concretização do Enem Digital, mesmo com as intercorrências causadas em função da crise sanitária, é uma vitória da sociedade”.

Provas

Nesse domingo, os participantes resolveram itens de ciências da natureza e suas tecnologias, assim como de matemática e suas tecnologias. Os cadernos de questões do exame estão disponíveis no portal do Inep. Os gabaritos serão divulgados na próxima quarta-feira (10).

Foram eliminados 38 participantes por descumprirem regras gerais do edital. São consideradas infrações portar equipamento eletrônico, ausentar-se antes do horário permitido, utilizar materiais impressos, não atender às orientações dos fiscais, entre outras determinações.

Reaplicação

Ao todo, 146 inscritos solicitaram reaplicação do segundo dia de provas, em virtude de doenças infectocontagiosas. O Inep recebeu os pedidos e comprovantes das condições de saúde até as 12h do sábado (6). O sistema foi fechado, como previsto, para que as solicitações fossem avaliadas e os participantes recebessem a resposta antes da aplicação desse domingo. No total, 76 solicitações foram deferidas e 70, indeferidas. Considerando os dois dias de aplicação do Enem Digital, 320 pedidos foram feitos e, no total, o Inep aceitou 194.

Inscritos que apresentaram sintomas de Covid-19 ou de outra doença infectocontagiosa prevista no edital, na véspera (após as 12h de sábado) ou no dia da prova, também poderão solicitar a reaplicação. Nesses casos, a solicitação, assim como em situações de incidentes logísticos, deverá ser feita na Página do Participante, a partir desta segunda-feira (8). O prazo vai até a próxima sexta-feira (12). Os casos serão analisados, individualmente, pelo Inep. A aprovação ou a reprovação da solicitação deverá ser consultada na Página do Participante. Os resultados dos pedidos de replicação das duas versões do exame (impressa e digital) estarão disponíveis até 15 de fevereiro.

Enem

Realizado anualmente pelo Inep desde 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar ao final da educação básica. A estrutura do exame conta com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias. O primeiro dia de aplicação do Enem Digital 2020 ocorreu no dia 31 de janeiro. Antes, o Inep aplicou o Enem 2020 impresso, em 17 e 24 de janeiro. Os resultados das duas versões do exame serão divulgados no dia 29 de março.

Últimas