Cidades Paraibano preso por engano após ter documentos clonados deve processar Estado da Bahia

Paraibano preso por engano após ter documentos clonados deve processar Estado da Bahia

A defesa do contador Daniel Medeiros da Silva, preso por engano após ter documentos clonados, afirmou que deve entrar com ação contra o Estado da Bahia por conta da prisão. Daniel foi solto no final da tarde desse sábado (29), após um habeas corpus ser concedido pela Justiça baiana na noite de sexta-feira (28). O […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Daniel foi preso após ter documentos clonados por criminoso na Bahia (Foto: Reprodução/TV Correio)

A defesa do contador Daniel Medeiros da Silva, preso por engano após ter documentos clonados, afirmou que deve entrar com ação contra o Estado da Bahia por conta da prisão. Daniel foi solto no final da tarde desse sábado (29), após um habeas corpus ser concedido pela Justiça baiana na noite de sexta-feira (28).

O advogado de Daniel, Makalyste Oliveira, explicou quais serão os procedimentos após a soltura. “Daremos a continuidade a uma perícia com coleta de digitais para serem confrontadas com a do autor dos crimes na Bahia e pedir uma decisão reconhecendo que Daniel não é a mesma pessoa (que cometeu os crimes)”. Com essa documentação, será possível ingressar com um ação contra o Estado da Bahia pedindo a reparação de danos causados pela prisão.

Makalyste afirmou que, no momento da soltura, Daniel – que estava em uma cela especial na Penitenciária Sílvio Porto, em João Pessoa, apresentava boas condições de saúde e que estava ansioso e com saudade da família. Após sair do presídio, o contador foi para a casa da mãe, também na Capital.

Últimas