PB tem mais de meio milhão de idosos, o que preocupa SES

Após 15 dias da confirmação do primeiro caso do novo coronavírus na O post PB tem mais de meio milhão de idosos, o que preocupa SES apareceu primeiro em Portal Correio.

Após 15 dias da confirmação do primeiro caso do novo coronavírus na Paraíba, uma verdadeira força-tarefa dos órgãos de saúde foi instaurada no estado. Desde então, vários casos também foram confirmados, centenas descartados e duas mortes também já foram registradas. Com isso, a preocupação das autoridades competentes com aqueles que fazem parte do grupo de risco aumenta gradativamente, como os idosos.

Leia também:

Álcool em gel é eficaz na prevenção ao coronavírus, afirma conselho Saiba como se proteger e onde ter atendimento para coronavírus Veja aqui as últimas notícias sobre a Covid-19

Sobre o assunto, o secretário de Saúde do Estado, o médico Geraldo Medeiros, alertou para a quantidade de idosos na Paraíba, alertando para os cuidados que devem ser redobrados por esta parcela da sociedade. De acordo com estimativa da Pasta, mais de meio milhão de pessoas tem mais de 60 anos na Paraíba.

“A população de risco, essa é a que nos preocupa, é a população dos idosos acima de 60 anos. a Paraíba tem 537 mil idosos acima de 60 anos e tem 87 mil acima de 80 anos. Proporcionalmente, é o estado que tem a maior longevidade acima dos 80 anos no Brasil. E é isso que nos preocupa, essa população que é mais vulnerável, com maior percentual de letalidade do vírus”, disse o secretário Geraldo Medeiros.

Doenças crônicas

Justamente sobre os pacientes do grupo de risco, em especial os idosos, o secretário afirmou que o cuidado deve ser redobrado, pois são essas pessoas que têm a maior quantidade de doenças crônicas, o que potencializa ainda mais a ação do vírus.

“Esses são os pacientes que geralmente têm doenças associadas, como diabetes, hipertensão, doenças renais crônicas, pacientes que têm câncer na vigência de uma quimioterapia. Todos com baixa imunidade, então eles se encaixam no grupo de risco, com maior letalidade na questão do novo coronavírus “, afirmou.

Além dos idosos, outros grupos fazem parte dos grupos de risco mais preocupantes. São os que possuem doenças crônicas independente da idade, que também devem cumprir as medidas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Fora o grupo de risco já citado, outros casos também preocupam. Os pneumopatas, enfisematosos, os grandes fumantes de longa duração e os pacientes asmáticos, são os pacientes que têm uma maior letalidade e um maior número de complicações”

O secretário alerta para que a população tenha cuidados redobrados com a higiene e respeite as regras de isolamento implementadas pelo governo.

Saiba mais sobre o novo coronavírus no vídeo abaixo

O post PB tem mais de meio milhão de idosos, o que preocupa SES apareceu primeiro em Portal Correio.