Cidades Pela primeira vez, sessão da Câmara de CG é presidida por uma mulher negra

Pela primeira vez, sessão da Câmara de CG é presidida por uma mulher negra

A vereadora Jô Oliveira (PCdoB), primeira mulher negra eleita vereadora de Campina Grande, presidiu nesta quarta-feira (10) a sessão na Casa de Félix Araújo, sendo a primeira mulher negra a comandar os trabalhos na Casa. A vereadora sempre destacou a necessidade de representatividade nos espaços de poder e decisão, e mais especificamente a necessidade de […]

Portal Correio
Vereadora Jô Oliveira

Vereadora Jô Oliveira

Portal Correio
Vereadora Jô Oliveira (Foto: Divulgação)

A vereadora Jô Oliveira (PCdoB), primeira mulher negra eleita vereadora de Campina Grande, presidiu nesta quarta-feira (10) a sessão na Casa de Félix Araújo, sendo a primeira mulher negra a comandar os trabalhos na Casa.

A vereadora sempre destacou a necessidade de representatividade nos espaços de poder e decisão, e mais especificamente a necessidade de termos mais negros e negras nesses lugares, e que o fato histórico de hoje representa mais um avanço importante para essa conquista.

“O sentimento de hoje é de abrir caminhos. O fato de estar aqui hoje, 68 anos depois da primeira legislatura, é muito importante e significativo. É a primeira vez que uma mulher negra tem a possibilidade de presidir uma sessão na Casa, e particularmente ainda estou processando o que isso tudo significa em termos históricos e de representação, mas estou muito feliz de estarmos construindo essa mudança”, destacou Jô Oliveira.

O mandato da vereadora também significa uma conquista importante em termos de participação popular, por ser um projeto construído coletivamente, com diálogo e cooperação de diversas outras pessoas, segmentos e movimentos sociais.

“Sempre digo que Jô Oliveira não anda só. Essa conquista é coletiva, e esperamos que muitas outras mulheres, negras, periféricas, militantes sociais, possam ocupar esse espaço depois de nós”, enfatizou. 

Últimas