Cidades Polícia encerra live do cantor Ranniery Gomes após denúncias, na Grande João Pessoa

Polícia encerra live do cantor Ranniery Gomes após denúncias, na Grande João Pessoa

A Polícia Militar encerrou, na noite desse sábado (27), uma live realizada pelo cantor de forró Ranniery Gomes, no bairro Ponta de Matos, na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa. A ação ocorreu após denúncias de que o evento estaria violando as medidas restritivas de combate à Covid-19. Segundo o comandante da 6ª Companhia […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Live acontecia na cidade de Cabedelo (Foto: Reprodução/YouTube/Ranniery Gomes)

A Polícia Militar encerrou, na noite desse sábado (27), uma live realizada pelo cantor de forró Ranniery Gomes, no bairro Ponta de Matos, na cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa. A ação ocorreu após denúncias de que o evento estaria violando as medidas restritivas de combate à Covid-19.

Segundo o comandante da 6ª Companhia Independente de Cabedelo, major Kelton Pontes, as denúncias recebidas indicavam, principalmente, abuso de poluição sonora na casa em que a live era gravada.

“Os policiais se dirigiram ao local e foram convidados a entrar pelo produtor do evento. Dentro da casa, apesar de não constatarem aglomeração, observaram que o evento não tinha autorização para ocorrer naquele formato, com banda. Foi feita, então, uma comunicação sobre a situação à coordenação do Ciop (Centro Integrado de Operações Policiais), que achou por bem encerrar o evento”, disse o major Kelton.

Ainda durante a live, o cantor Ranniery Gomes contestou a ocorrência de barulho excessivo no local, mas seguiu as determinações da PM e encerrou a live.

Na tarde deste domingo (28), em vídeo publicado nas redes sociais, o artista explicou que a live, de caráter solidário, tinha a intenção de destinar a arrecadação para os músicos e trabalhadores dos setores de eventos que estão há um ano sofrendo as consequências econômicas da pandemia.

Na publicação, Ranniery também pediu desculpas e disse que houve um mal entendido. “Não tenho a mínima intenção de prejudicar ninguém, apenas não podemos admitir que isso aconteça mais!”, declarou o cantor.

Últimas