Cidades Policlínica da Pessoa Idosa retoma serviço presencial, mas mantém o online

Policlínica da Pessoa Idosa retoma serviço presencial, mas mantém o online

A Policlínica Municipal da Pessoa Idosa, que funciona no no bairro Tambiá,

Portal Correio

A Policlínica Municipal da Pessoa Idosa, que funciona no no bairro Tambiá, em João Pessoa, retomou, há cerca de dois meses, o atendimento presencial. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, e as pessoas com mais de 60 anos têm acesso a especialidades como geriatria, angiologia, cardiologia, dermatologia, endocrinologia, gastro, neurologia, reumatologia, além de assistência farmacêutica, enfermagem, odontologia, nutrição, fonoaudiologia, psicologia e serviço social.

Mesmo com o atendimento presencial, a policlínica continua oferecendo consultas online para aqueles idosos que ainda não se sentem seguros de sair de casa por conta do risco de contágio pelo novo coronavírus.

“Os médicos atendem os pacientes presencialmente, mas as consultas online permanecem, já que alguns idosos têm medo de sair de casa devido o coronavírus – muitos utilizam os ônibus para deslocamento. Vale ressaltar que durante a suspensão do atendimento presencial, a equipe de psicologia e serviço social esteve o tempo todo em contato com nossos pacientes, por entender que esse apoio era importante em um momento tão difícil que é o isolamento social”, explica a diretora geral da unidade, Maria José Andrade.

Para ser atendido na Policlínica Municipal da Pessoa Idosa, o paciente precisa ser encaminhado pela Unidade de Saúde da Família (USF) do bairro onde mora. Porém, existe a demanda espontânea nas especialidades de fonoaudiologia, psicologia e nutrição, aonde o paciente vai diretamente ao serviço. Nesse atendimento, é necessário apresentar RG, CPF, Cartão do SUS e comprovante de residência.

“Na especialidade de fisioterapia temos três profissionais e trabalhamos com duas modalidades para atendimento, que são o agendamento interno e também os pacientes vindos da regulação. Essa especialidade é importante para tratar também pacientes que tiveram Covid e ficaram com sequelas cardiorrespiratória. O importante é a presença do idoso no serviço, para quê o médico possa escutar sua necessidade”, afirmou a diretora.

Devido a pandemia, as atividades dos sete grupos de convivência permanecem suspensas. Para outras informações, o idoso, parente ou cuidador pode ligar para o telefone 3214-1748.

Últimas