Cidades ‘População assume risco’, diz secretário sobre descuido com distanciamento

‘População assume risco’, diz secretário sobre descuido com distanciamento

O secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel

Portal Correio

O secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrammi, comentou, nesta quinta-feira (29), o relaxamento de medidas de segurança contra o novo coronavírus por parte da população. Ele explicou que a flexibilização de atividades econômicas não significa o fim da pandemia e reforçou que cuidados como uso de máscaras, distanciamento social e higienização frequente das mãos devem ser mantidos.

Leia também:

Paraíba soma 131.979 casos e 3.076 mortes por coronavírus

Para Daniel Beltrammi, a população assume um comportamento de risco quando quebra essas regras. “Temos percebido um aumento da pressão sobre as internações, seja em leitos convencionais ou de terapia intensiva (UTI) em todo estado”, lamentou.

O secretário não descarta a possibilidade de novos bloqueios de circulação de pessoas no estado. Ele citou como exemplo países da Europa, como Alemanha e França, que, com o crescimento dos números de infecção, já declararam novas medidas de emergência, como toque de recolher e fechamento de bares e restaurantes.

“Para que a gente não chegue nesse ponto, é necessário respeitar essas três regras de ouro. Para que a gente não precise retroceder, depende de você. Use máscara, lave as mãos, mantenha o distanciamento social. Se nós nos apegarmos a isso, eu tenho certeza que a gente não vai retroceder”, cravou.

Assista ao vídeo:

Últimas