Portal Correio Anna Lorena autoriza a volta às aulas no modelo híbrido de algumas unidades da Rede Municipal de Ensino

Anna Lorena autoriza a volta às aulas no modelo híbrido de algumas unidades da Rede Municipal de Ensino

As Escolas Municipais Adalice Remígio Gomes (Conjunto Mutirão); Professor José de Araújo Valença (Alto do São Vicente); Creche Municipal Ana Raposo Aragão (Alto do São Vicente); Creche Municipal Dr. Fernando Bezerra Paraguay (Vila Santa Maria) e a Creche Municipal Francisca Mineiro Silva (Vila Popular), foram as primeiras autorizadas a iniciar suas atividades nesta quarta-feira, 27. […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Divulgação

As Escolas Municipais Adalice Remígio Gomes (Conjunto Mutirão); Professor José de Araújo Valença (Alto do São Vicente); Creche Municipal Ana Raposo Aragão (Alto do São Vicente); Creche Municipal Dr. Fernando Bezerra Paraguay (Vila Santa Maria) e a Creche Municipal Francisca Mineiro Silva (Vila Popular), foram as primeiras autorizadas a iniciar suas atividades nesta quarta-feira, 27.

A autorização veio a partir do Decreto Nº 1.244, assinado pela prefeita Anna Lorena que autoriza o início da adoção do modelo híbrido de aulas (50% Ensino Remoto + 50% Ensino Presencial). Ainda de acordo com o decreto, as salas de atendimento Educacional Especializado em funcionamento nas escolas e creches também retornarão e a progressão para as demais Unidades de Ensino da Rede Municipal, deverá ocorrer ainda neste semestre letivo, de acordo com os resultados dos testes sorológicos contra a Covid, visando garantir as melhor segurança para funcionários e estudantes.

Dentre as normas estabelecidas para o retorno às atividades presenciais estão: distanciamento, presença de no máximo 50% dos estudantes da turma convencional, professores e demais funcionários deverão apresentar o passaporte da vacina contra a COVID-19.

Como forma primordial de prevenção, é obrigatória a utilização constante de máscaras por professores, técnico-administrativos, profissionais de apoio, estudantes dentro das Unidades de Ensino e todos passarão por aferição de temperatura, caso a pessoa testada apresente elevada (maior que 37,8 graus Celsius) será  recomendado o retorno ao domicílio.

“Graças a Deus estamos voltando ao normal aos poucos, se cada um continuar se cuidando, continuaremos sem novos casos positivos de covid no município. Estamos muito felizes e animados pelo retorno às aulas. Espero que todos aproveitem bastante e lembrem-se que o distanciamento, uso de máscara e higienização das mãos com álcool vão garantir que vamos todos continuar protegidos. Sejam bem-vindos de volta!”, comentou a prefeita Anna Lorena.

Últimas