Portal Correio Bar e padaria em João Pessoa são autuados por descumprir decretos de prevenção à Covid-19

Bar e padaria em João Pessoa são autuados por descumprir decretos de prevenção à Covid-19

Um bar localizado no bairro de Manaíra, em João Pessoa, foi interditado pelo Procon-PB por permitir que clientes ficassem sem máscara, formando aglomerações e usando espaços livres para dançar. Essas condutas vão de encontro ao que determina os decretos estadual e municipal de prevenção à disseminação do novo coronavírus. A Operação Previna-se aconteceu na semana […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Divulgação/Procon-PB

Um bar localizado no bairro de Manaíra, em João Pessoa, foi interditado pelo Procon-PB por permitir que clientes ficassem sem máscara, formando aglomerações e usando espaços livres para dançar. Essas condutas vão de encontro ao que determina os decretos estadual e municipal de prevenção à disseminação do novo coronavírus. A Operação Previna-se aconteceu na semana passada, mas os resultados das fiscalizações só foram divulgados nesta segunda (30). De acordo com o Procon-PB, a interdição do bar durou 5 dias.

Também em João Pessoa, uma padaria no bairro do Bessa foi autuada por infrigir leis consumeristas e protocolos sanitários. Segundo o Procon-PB, faltava precificação em alguns produtos e a empresa não utilizava barreiras físicas ou EPI’s específicos de proteção entre pessoas (protetores faciais), no formato de divisórias transparentes. Além disso, não estava aferindo a temperatura corporal dos funcionários e clientes na entrada do estabelecimento.

Na semana passada, a Operação Previna-se também esteve em Catolé do Rocha e São Bento, Sertão do estado. Em Catolé do Rocha, 11 estabelecimentos foram autuados. As As principais irregularidades foram constatadas em postos de combustíveis. Neles, faltava precificação dos produtos ou serviços e alguns produtos eram comercializados fora do prazo de validade. Também foram autuados supermercados e agências bancárias, por desrespeito aos decretos de prevenção do novo coronavírus. Ausência da aferição de temperatura corporal na entrada do local e de demarcação de fluxo de pessoas foram alguns dos problemas encontrados.

Já em São Bento, quatro estabelecimentos foram autuados: um comércio varejista; um posto de combustível que não possui em funcionamento o calibrador de pneus; e dois
supermercados, que não vinculam telefone e endereço do Procon em suas notas fiscais, mesmo tendo sido alertado na fiscalização anterior sobre a obrigatoriedade da informação.

A inspeção contou com apoio da Vigilância Sanitária Municipal, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Corpo de Bombeiros. A população pode tirar dúvidas sobre a ação pelo WhatsApp (83) 98618-8330 ou no Disque 151.

Últimas