Portal Correio Bárbara Evans chora ao falar de fertilização e não descarta adoção

Bárbara Evans chora ao falar de fertilização e não descarta adoção

Bárbara Evans chorou ao falar sobre o seu processo de fertilização in vitro. Isso porque restaram apenas três embriões saudáveis dos sete que ela tinha inicialmente e a expectativa era que restassem pelo menos quatro. “Vai começar com chororô. Pode ver que eu já estava chorando. O resultado da biópsia saiu. De sete embriões, a […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Reprodução/Instagram

Bárbara Evans chorou ao falar sobre o seu processo de fertilização in vitro. Isso porque restaram apenas três embriões saudáveis dos sete que ela tinha inicialmente e a expectativa era que restassem pelo menos quatro. “Vai começar com chororô. Pode ver que eu já estava chorando. O resultado da biópsia saiu. De sete embriões, a gente ficou com três, três saudáveis. A gente queria quatro, a gente precisava de quatro”, disse ela já emocionada. A informação é do R7.

Ela disse que a médica orientou o marido, Gustavo Theodoro, e ela a captarem mais óvulos, mas eles optaram por seguir o processo com os embriões que já tem. “A doutora recomendou fazer mais dois ciclos de captação de óvulo, seguidos agora. Só que eu não tenho… Eu não tenho estrutura emocional para fazer mais dois meses agora, seguidos. Então eu conversei com meu marido e, se Deus quis dessa forma, a gente também quer”, contou.

Segundo ela, apenas dois embriões serão utilizados agora e o terceiro permanecerá congelado. “Caso não dê certo… Eu sei que a gente sempre tem que pensar pelo lado positivo, mas a gente tem que estar ciente do que pode vir a acontecer. Então caso não vingue nenhum dos embriões, os dois que vamos colocar, a gente vai passar por uma nova captação. Foi uma opção nossa, a doutora falou a opinião dela, mas quando a gente falou que a gente já queria colocar, e não queria fazer mais captação, ela concordou e apoiou. E isso é o mais lindo dela”, completou.

Mais tarde, a modelo foi questionada por seus seguidores se pensa em adotar caso o processo de fertilização não der certo. “Meu sonho é gerar uma vida dentro de mim, então vou até o fim [com a fertilização]… Mas se eu não conseguir, não descarto a possibilidade, não. Inclusive sou super a favor”, explicou ela.

Últimas