Portal Correio Dos dez times que disputam o Paraibano de 2022, oito já têm treinadores definidos

Dos dez times que disputam o Paraibano de 2022, oito já têm treinadores definidos

Faltando pouco mais de um mês para começar o Campeonato Paraibano, que está programado para o dia 3 de fevereiro de 2022, nem todos os clubes definiram os treinadores. O São Paulo Crystal e o Sport LS ainda estão planejando este assunto. Os primeiros clubes a acertarem com a comissão técnica foram Campinense, Botafogo, CSP […]

Faltando pouco mais de um mês para começar o Campeonato Paraibano, que está programado para o dia 3 de fevereiro de 2022, nem todos os clubes definiram os treinadores. O São Paulo Crystal e o Sport LS ainda estão planejando este assunto.

Os primeiros clubes a acertarem com a comissão técnica foram Campinense, Botafogo, CSP e Sousa, que mantiveram os treinadores. Treze, Atlético de Cajazeiras, Nacional de Patos e Auto Esporte confirmaram a contratação de técnicos nos últimos dias.

O time do Campinense renovou o contrato do treinador Ranielle Ribeiro, que fez uma campanha positiva em todas as competições que o rubro-negro disputou. Com isso, a diretoria além de manter o treinador ainda renovou o contrato de vários jogadores, mantendo a base da equipe.

A diretoria do Botafogo também acertou com Gerson Gusmão, que vai continuar o trabalho que realizou em 2021. Com relação à formação do elenco, o Botafogo resolveu fazer uma série de modificações. Jogadores mais experientes como Felipe, Fred e Marcos Aurélio deixaram o clube. A aposta agora é contar com atletas jovens.

O Sousa encontrou a solução para comandar o elenco em casa, renovando o contrato de Tardelli Abrantes, considerado ‘prata da casa’. Depois de comandar o time do Dinossauro na Série D do Brasileiro e na Pré-Copa do Nordeste, fazendo boas campanhas, Tardelli foi mantido.

O CSP não troca de treinador, como tem acontecido nas últimas cinco temporadas. O time do Tigre vai continuar sendo comandado por Josivaldo Alves, que ocupa outras funções no clube, como representante. O CSP manteve o auxiliar técnico Tazinho e, praticamente, todos os jogadores.

Quatro clubes trocaram de treinadores, visando à próxima temporada. O Treze terminou a Série D do Campeonato Brasileiro comandado por Welington Fajardo e agora tem no comando Flávio Barros. O Auto Esporte dispensou Douglas Andrade e acertou a volta do técnico Jazon Vieira.

O Nacional de Patos aposta no trabalho de Rinaldo Oliveira, que tenta se firmar como treinador. O Atlético de Cajazeiras também tem cara nova no comando da comissão técnica, acertando com Jaelson Marcelino.

Mas dois clubes ainda não trataram do assunto que é a contratação de treinadores. O São Paulo Crystal, de acordo com o gerente de futebol, Arthur Ferreira, está perto de divulgar o nome do novo comandante técnico.

O Sport LS ainda está definindo sua direção de futebol para depois tratar da confirmação da comissão técnica e formar o elenco que vai disputar o Campeonato Paraibano do próximo ano.

Últimas