Portal Correio Entenda por que é importante se vacinar contra Covid-19

Entenda por que é importante se vacinar contra Covid-19

Muito se tem falado nesses dias sobre a eficácia das vacinas contra a Covid-19. Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), até esta segunda-feira 959.018 pessoas completaram os esquemas vacinais na Paraíba, das quais 896.676 tomaram as duas doses e 62.342 utilizaram imunizante de dose única. Vacinas têm eficácia contra Delta, mas cuidados […]

Portal Correio
Vacina

Vacina

Portal Correio
Foto: Divulgação/Secom-JP

Muito se tem falado nesses dias sobre a eficácia das vacinas contra a Covid-19. Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), até esta segunda-feira 959.018 pessoas completaram os esquemas vacinais na Paraíba, das quais 896.676 tomaram as duas doses e 62.342 utilizaram imunizante de dose única.

Vacinas têm eficácia contra Delta, mas cuidados devem ser mantidos, diz pesquisador da UFPB

A pediatra do Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC-UFCG/Ebserh) e Presidente do Comitê de Imunização da SSP, Socorro Martins, explica sobre o papel da imunização no combate ao coronavírus. 

“A importância da vacinação para o controle da pandemia é consenso entre os especialistas do mundo todo, principalmente quando utilizada de forma coletiva, atingindo altas coberturas vacinais e evitando que a disseminação do vírus entre as pessoas seja maior do que a velocidade da vacinação, consequentemente, tornando a vacinação individual mais efetiva”, afirma. 

Porém, é importante ter em mente que apesar de todas as vacinas disponíveis terem boa efetividade contra casos moderados e graves, elas não evitam a transmissão da doença, e que nenhuma vacina é 100% eficaz. 

Socorro Martins reforça que é preciso levar em conta também que os vírus podem sofrer mutações ao longo do tempo e escapam da ação dos anticorpos neutralizantes das vacinas, tornando-as menos eficientes. 

Contudo, é comprovado o papel fundamental das vacinas na diminuição das mortes pela doença. 

“Segundo pesquisa realizada recentemente pela USP/UNESP utilizando a plataforma Info Tracker, apenas 3,7% dos óbitos por covid-19 registrados em 2021 no país são de pessoas imunizadas com esquema vacinal completo, sendo observado principalmente em idosos com mais de 70 anos e esse percentual está dentro das falhas vacinais encontradas para outras vacinas”, frisou. 

Portanto, é essencial que todos tomem as duas doses da vacina. Pois, até alcançarmos mais de 80% da população com o seu ciclo vacinal completo, será necessário que mesmo as pessoas já imunizadas continuem com os protocolos de prevenção, como o uso de máscara e a manutenção do distanciamento social.

Últimas