Portal Correio Evento vai celebrar literatura produzida por mulheres no Sertão da Paraíba

Evento vai celebrar literatura produzida por mulheres no Sertão da Paraíba

Mulheres ligadas à literatura produzida no Sertão paraibano irão se reunir em abril, na cidade de Cajazeiras, para a realização do I Mulherio das Letras. O evento está programado para acontecer em abril deste ano. O objetivo é dar visibilidade à arte produzida por mulheres desta região e contará com mesas redondas, lançamentos de livros, […] The post Evento vai celebrar literatura produzida por mulheres no Sertão da Paraíba first appeared on Portal Correio.

Portal Correio
Literatura

Literatura

Portal Correio
Foto: Imagem ilustrativa/Pixabay

Mulheres ligadas à literatura produzida no Sertão paraibano irão se reunir em abril, na cidade de Cajazeiras, para a realização do I Mulherio das Letras. O evento está programado para acontecer em abril deste ano. O objetivo é dar visibilidade à arte produzida por mulheres desta região e contará com mesas redondas, lançamentos de livros, contação de histórias, oficinas e saraus.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

Além disso, o projeto vai organizar uma antologia reunindo os textos de autoria sertaneja feminina. O edital foi lançado na última terça-feira (15), e as inscrições ficam abertas até 15 de março deste ano. O lançamento da obra vai acontecer durante o evento.

Violeta Formiga será homenageada

Violeta Formiga será a escritora homenageada do evento. Ela era natural de Pombal, Sertão paraibano, onde passou a infância e adolescência. Em 1971, transferiu-se para a capital paraibana e ingressou na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) no curso de Psicologia. Na universidade se notavam suas tendências para a poesia e ela começou a divulgar poemas nos jornais de João Pessoa.

Violeta teve sua poesia brutalmente interrompida aos 31 anos de idade. Ela foi vítima de feminicídio cometido pelo companheiro, em 1982. O evento seleciona Violeta não apenas por ser uma mulher sertaneja, mas para reivindicar a vida das mulheres como condição mínima de desenvolver sua arte e produzir livremente.

A poetisa deixou apenas um livro publicado: ‘Contra Cena’. Depois da sua morte, os amigos reuniram poemas inéditos e publicaram ‘Sensações’, uma edição póstuma, na Galeria Gamela.

Acompanhe a TV Correio na internet

Sobre o Mulherio das Letras

O Mulherio das Letras é um grupo autônomo de mulheres escritoras que surgiu em 2017, em João Pessoa, contando com a presença de mais de 500 outras escritoras, artistas e intelectuais do país, com o objetivo de dar visibilidade à literatura feminina contemporânea, homenageando suas precursoras.

Atualmente, o Mulherio das Letras conta com cerca de 7 mil participantes, se expandido internacionalmente. O grupo se descentralizou em subgrupos representativos de cada estado brasileiro, além do Mulherio das Letras Pretas.

O Mulherio das Letras Sertão é uma iniciativa coletiva que tem o objetivo de reunir mulheres que produzem literatura no Sertão paraibano, como forma de aprofundar ainda mais esse protagonismo, pois é no interior do país que se encontram as mulheres mais invisibilizadas em todos os setores do mercado artístico, pelas poucas oportunidades de formação e falta de recursos e infraestrutura nas cidades.

A missão desse evento é mostrar a arte da palavra feminista em suas múltiplas formas, por mulheres que ainda hoje enfrentam obstáculos machistas e racistas e são consideradas menores nos meios literários.

Link para inscrição no evento:

https://docs.google.com/forms/d/1nxVKOrDzAtBfBIJzd43crQQ_56i_T9tMIoLJZnPrrs4/edit?chromeless=1

Redes sociais:

Instagram – @mulheriodasletras_sertao

Facebook – Mulherio das Letras Sertão

The post Evento vai celebrar literatura produzida por mulheres no Sertão da Paraíba first appeared on Portal Correio.

Últimas