Portal Correio Funjope realiza Mostra de Cinema Negro com curtas de autores paraibanos

Funjope realiza Mostra de Cinema Negro com curtas de autores paraibanos

Para celebrar o mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra, a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) iniciou, nesta quarta-feira (9), a Mostra de Cinema Negro, com produções de realizadores negros paraibanos feitas nos últimos três anos. A iniciativa acontece na Usina Cultural Energisa e na Escola de Ensino Fundamental Tharcilla Barbosa, […]

Portal Correio
(Foto: Imagem ilustrativa/Pixabay)

Para celebrar o mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra, a Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) iniciou, nesta quarta-feira (9), a Mostra de Cinema Negro, com produções de realizadores negros paraibanos feitas nos últimos três anos. A iniciativa acontece na Usina Cultural Energisa e na Escola de Ensino Fundamental Tharcilla Barbosa, e segue nos dias 16 e 25 de novembro.

Celeiro abre inscrições para exposições individuais ou coletivas

Os filmes exibidos na Mostra de Cinema Negro são curtas-metragens dos gêneros documentário e ficção. Neles, religiosidade, cidade e as matizes da cultura afro paraibana se convergem.

O trabalho de audiovisual faz parte de uma programação que a Funjope está desenvolvendo em torno da questão da celebração do mês de novembro, que é o mês da consciência negra. “Articulamos esta ação junto com a Secretaria de Educação para agendar o tema da identidade negra junto aos nossos alunos e alunas. É um tema extremamente importante para reflexão e formação pedagógica na sala de aula”, declarou o diretor executivo da Funjope, Marcus Alves.

Ele disse ainda que o fundamental é promover e estimular a conversa entre os estudantes sobre a questão da identidade negra. A Funjope está programando um conjunto de atividades em comum acordo com vários movimentos negros de João Pessoa que se dedicaram, durante o mês, a programar essas ações.

Os filmes são projetados para alunos do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do ensino público de João Pessoa. Após as sessões, ocorrerão debates com atrizes, diretoras e o curador da Mostra, Thiago Costa, com o público presente. Cinema e educação estarão no centro dos debates.

Os filmes que serão exibidos são: Odú Pupa, de Carine Fiúza (PB), com 10 minutos; Preceito, de Laiz de Oyá (PB), também com 10 minutos de duração; Café com rebú, de Danny Barbosa (PB), com 14 minutos; além de Guaparey tuba, do Coletivo Apaie (PB), com 13 minutos, e Lebara, de Sérgio Ferro (BA/PB), com 20 minutos.

Acompanhe a TV Correio na Internet

Últimas