Portal Correio Mostra literária faz homenagem aos 80 anos de Maria Valéria Rezende e Zezita Matos

Mostra literária faz homenagem aos 80 anos de Maria Valéria Rezende e Zezita Matos

Duas artistas referência para a Paraíba e reconhecidas nacionalmente serão homenageadas na Mostra de Literatura Paraibana nesta quinta...

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
(Foto: Divulgação)

Duas artistas referência para a Paraíba e reconhecidas nacionalmente serão homenageadas na Mostra de Literatura Paraibana nesta quinta (8), dentro da programação do Natal na Usina. A escritora Maria Valéria Rezende e a atriz Zezita Matos inspiraram o espetáculo Cartas ao Tempo, que será encenado pelos atores Ingrid Trigueiro e André Morais, às 20h, na Sala Vladimir Carvalho.

Mais notícias de Entretenimento

Em formato de cartas, em que o presente revisita o passado e o passado atravessa o presente, iluminando o futuro, o espetáculo será uma saudação à vida, vibração artística, movimento social e político dessas duas mulheres tão importantes para o cenário artístico brasileiro. A homenagem também marca os 80 anos de Maria Valéria Rezende, que também é celebrado nesta quinta, 8.

Maria Valéria Rezende é uma escritora nacionalmente reconhecida, autora de obras premiadas e traduzidas para o mundo. Formada e Língua e Literatura Francesa, Pedagogia e mestre em Sociologia, adotou a Paraíba em 1976 e em 2001 começou a publicar literatura com a primeira versão do livro “Vasto Mundo” (Ed. Beca), que foi traduzido e publicado na França em 2017 (Ed Anacaona).

É autora de sete livros e alguns se destacam pelos prêmios recebidos. Ganhou um Prêmio Jabuti em 2009, categoria infantil, com “No risco do caracol” (Autêntica, 2008) e em 2013, categoria juvenil, com o romance “Ouro dentro da cabeça” (Autêntica 2012). Em 2014, ganhou mais um Prêmio Jabuti de melhor romance e livro do ano de ficção com “Quarenta dias” (Alfaguara, 2014). Seu romance “Outros Cantos”, ganhou o Prêmio Casa de Las Américas, Cuba, 2017. O seu último romance é “Carta à Rainha Louca” (Alfaguara, 2019).

Zezita Matos é atriz, educadora e ativista, expoente do cinema e do teatro paraibano e brasileiro. Atualmente, com mais de 50 anos de carreira, a atriz se mantém ativa e se dividindo entre participações em filmes e montagens de espetáculos com o Coletivo de Teatro Alfenim, do qual faz parte.

Dentre as dezenas de peças que integrou estão Quebra-quilos e As Velhas. No cinema, participou dos premiados Cinema, Aspirinas e Urubus (2005), O Céu de Suely (2006) e Baixio das Bestas (2006). Em 2014, venceu o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cinema de Paulínia, por A História da Eternidade (2014). Tem longa relação com a poesia e é uma das grandes divulgadoras do gênero. Fez 80 anos em agosto de 2022.

Mais programação

No palco Bonde, a partir das 21h30, tem lançamento de livro e bate-papo com os escritores Tiago Germano e Valeska Asfora. Tiago Germano é escritor paraibano e vai lançar seu último título: O que pesa no Norte, quarto livro do autor. A obra, que acaba de entrar em pré-venda no site da editora Moinhos (editoramoinhos.com.br), é a segunda incursão pela narrativa longa do autor de A mulher faminta (Moinhos, 2018).

O que pesa no Norte coloca em discussão os valores e os arbítrios da classe média brasileira, especialmente a do Nordeste. É uma narrativa envolvente que “põe o dedo na ferida” de práticas que perduram, que passam de geração a geração, projetando para o presente valores de um passado patriarcal.

A educadora e produtora cultural Valeska Asfora vai lançar Anayde Beiriz – a última confidência, livro que foi resultado de uma minuciosa pesquisa sobre a professora e poeta paraibana Anayde Beiriz. O livro procura ir além das histórias costumeiras da personagem e busca compreender o contexto sócio-cultural em que vivia aquela mulher que dizem ter sempre estado “a frente de seu tempo”, acompanhar a sua vivência e experiência literária.

O Natal na Usina é um projeto realizado por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal e patrocínio da Energisa.

Últimas