Portal Correio Novembro Azul: Secretaria de Saúde de Monteiro alerta para prevenção e combate ao câncer de próstata

Novembro Azul: Secretaria de Saúde de Monteiro alerta para prevenção e combate ao câncer de próstata

O mês de novembro é dedicado à saúde do homem. Embora com especial ênfase para a prevenção do câncer de próstata, esse mês compreende todas as doenças que atingem os homens, tais como a depressão masculina e o câncer nos testículos. O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de […]

Portal Correio
Novembro Azul

Novembro Azul

Portal Correio
(Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Monteiro)

O mês de novembro é dedicado à saúde do homem. Embora com especial ênfase para a prevenção do câncer de próstata, esse mês compreende todas as doenças que atingem os homens, tais como a depressão masculina e o câncer nos testículos.

O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. A indicação da melhor forma de tratamento vai depender de vários aspectos, como estado de saúde atual, estadiamento da doença e expectativa de vida.

Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico).

A Secretaria de Saúde alerta que a única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce através dos exames como o de toque retal e o PSA. É importante esclarecer que a solicitação dos exames deve partir do urologista em acordo com o paciente, e nunca de forma compulsória.

Últimas