Portal Correio Projeto cria Semana Estadual do Empreendedorismo Feminino na Paraíba

Projeto cria Semana Estadual do Empreendedorismo Feminino na Paraíba

Na Paraíba, 139.399 mulheres são donas do seu próprio negócio, segundo levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para estimular e apoiar as empreendedoras, o deputado estadual Eduardo Carneiro apresentou o Projeto de Lei 3.202/2021, que inclui no calendário de datas comemorativas do Estado da Paraíba, a Semana Estadual do Empreendedorismo Feminino. […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Eduardo Carneiro (Foto: Divulgação)

Na Paraíba, 139.399 mulheres são donas do seu próprio negócio, segundo levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para estimular e apoiar as empreendedoras, o deputado estadual Eduardo Carneiro apresentou o Projeto de Lei 3.202/2021, que inclui no calendário de datas comemorativas do Estado da Paraíba, a Semana Estadual do Empreendedorismo Feminino.

“O nosso objetivo com a apresentação dessa proposta é estimular cada vez mais o Empreendedorismo Feminino na Paraíba, tendo em vista que no campo do empreendedorismo a participação da mulher é crescente. Por essa razão, necessita ser apoiado, valorizado, incentivado e divulgado. Além disso, é perceptível que a pandemia, apesar de ter trazido diversos fatores negativos, impôs na população, sobretudo a feminina, o desafio de empreender e isso precisa ser valorizado”, destacou.

Eduardo Carneiro é presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa e preside a Secretaria Especial de Empreendedorismo da União Nacional de Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale).

O projeto apresentado prevê que, anualmente, na segunda semana de março em todo o estado, seja comemorada a Semana Estadual do Empreendedorismo Feminino, com o propósito de conscientizar a população paraibana sobre os desafios enfrentados pelas mulheres empreendedoras, esclarecendo a importância desse segmento para o desenvolvimento do estado e da economia local.

A iniciativa também tem o intuito de apoiar as mulheres que estão à frente do seu próprio negócio, buscando soluções para os principais problemas que enfrentam no seu dia a dia.

O levantamento do IBGE corresponde ao 3º trimestre de 2020, colocando o estado no 16º lugar do ranking nacional de empreendedoras. Em todo o país, 8.603.758 mulheres possuíam algum negócio. O Nordeste é a segunda região do país com a maior proporção de mulheres empreendedoras, totalizando 24%.

Últimas