Portal Correio Soledade cria ‘vitrine da história’ para alojar artesãos e impulsionar economia

Soledade cria ‘vitrine da história’ para alojar artesãos e impulsionar economia

Em Soledade, no Cariri paraibano, o artesanato impulsiona a economia e é braço forte do comércio local. Sendo parte da cultura da região, a confecção de bonecas, artigos de couros, bordados e esculturas é ensinada em oficinas e logo os empreendedores terão um espaço exclusivo para promover e vender seus produtos. O local, às margens […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
(Foto: Divulgação)

Em Soledade, no Cariri paraibano, o artesanato impulsiona a economia e é braço forte do comércio local. Sendo parte da cultura da região, a confecção de bonecas, artigos de couros, bordados e esculturas é ensinada em oficinas e logo os empreendedores terão um espaço exclusivo para promover e vender seus produtos.

O local, às margens da BR-230, vai ser uma “vitrine da história” do município, exibindo a produção local e as potencialidades da cidade. O projeto é realizado pela Prefeitura, em parceria com o Sebrae. Além de estruturar e melhorar o espaço dos comerciantes, a ideia é capacitar os empreendedores, criar planos de negócios e aquecer as vendas. 

O prefeito Geraldo Moura vem atuando para incentivar o empreendedorismo de Soledade e promover a geração de emprego e renda. “Temos uma grande potencialidade na área de artesanato e decidimos profissionalizar essa produção e a comercialização”, destacou.  

Consultora do Sebrae, Fernanda Melo ressalta que Soledade tem vivido um momento de desenvolvimento em que o estímulo e a capacitação dos comerciantes, artesãos e microempresários são medidas necessárias para um resultado a longo prazo. 

“Quem não gosta de passar em um lugar e levar uma lembrancinha que represente aquela experiência de estar em um espaço de novas culturas? É neste contexto que os artesãos são fundamentais neste processo. Sem esses empreendedores não existem empreendimentos, não há negócios, nem geração de renda”, detalha. 

O projeto de requalificação prevê ainda a formalização dos empreendedores que não estão seguindo a legislação. Além de palestras informativas, eles serão orientados para realizarem a adesão ao Microempreendedor Individual (MEI).

Social

O artesanato também está ligado ao trabalho social realizado no município. O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) trabalha com idosos e entre as atividades, são ofertadas oficinas de artes. Fuxico, crochê, pinturas em tecidos, quadros e panos de pratos são confeccionados pelo grupo, que expõe os produtos na Semana da Cultura da cidade. Os itens também são utilizados pelas Secretarias. 

Ao todo, são mais de 50 idosos que participam do núcleo, que fortalece o vínculo afetivo, garante a interação e elimina a ociosidade. Eles participam ainda de coral, fazem aulas de dança e praticam atividades físicas. Os encontros estavam suspensos, mas com o avanço da imunização, serão retomados neste mês.

Desenvolvimento regional

A requalificação da BR-230 integra o projeto de crescimento de Soledade, que conta com a implantação de um Polo Industrial no município, para abrigar empresas de minério, já que. Soledade polariza com mais de dez cidades que produzem o elemento. O núcleo que será instalado deve atrair diversas empresas, trazendo desenvolvimento para a região, a partir da geração de empregos para a população do município e do Cariri.

Últimas