Portal Correio Suspeito de participar de assassinato de empresário morre em confronto com a polícia em João Pessoa

Suspeito de participar de assassinato de empresário morre em confronto com a polícia em João Pessoa

Um homem suspeito de participar do assassinato do advogado e empresário Luiz Florentino de Souza Filho, de 66 anos, morreu, nessa terça-feira (6), em confronto com a Polícia Civil. De acordo com o delegado João Paulo Amazonas, a casa onde o suspeito estava, no bairro das Indústrias, foi cercada por policiais. “O indivíduo ofereceu resistência, […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Luiz Florentino de Souza Filho (Foto: Divulgação/OAB-PB)

Um homem suspeito de participar do assassinato do advogado e empresário Luiz Florentino de Souza Filho, de 66 anos, morreu, nessa terça-feira (6), em confronto com a Polícia Civil.

De acordo com o delegado João Paulo Amazonas, a casa onde o suspeito estava, no bairro das Indústrias, foi cercada por policiais.

“O indivíduo ofereceu resistência, não se entregou. Ele disparou contra a equipe e atingiu um de nossos policiais na perna. Então, a equipe ingressou no local, usando força proporcional, e o indivíduo recebeu alguns disparos”, disse, à TV Correio.

O suspeito foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. Ele foi identificado como Jhonantan Valério, de 28 anos.

O policial baleado no confronto continua internado em situação regular.

Entenda o caso

O crime investigado aconteceu na última sexta-feira (2), no momento em que Luiz Florentino estava saindo de carro do prédio onde morava, no bairro Altiplano. Ele parou o veículo e foi verificar o porta-malas, quando foi abordado por três homens, que desceram de um carro vermelho – conduzido por Jhonantan Valério, segundo a Polícia Civil – e anunciaram um assalto.

Os suspeitos mandaram o empresário e outros ocupantes do carro – um deles uma criança – descer do veículo e, em seguida, atiraram contra o empresário na região do peito.

Os homens fugiram e posteriormente foram localizados pela Polícia Militar em um matagal no bairro de Mangabeira, com o carro roubado do empresário e o veículo usado no assalto. Houve troca de tiros e os suspeitos fugiram novamente. 

A Polícia Civil acredita que Luiz Florentino de Souza Filho tenha sido vítima de latrocínio e não vê indícios de que o crime possa ter sido encomendado.

“Foi um latrocínio mesmo. Esses indivíduos já vinham praticando delitos patrimoniais aqui na cidade, inclusive utilizando o mesmo carro vermelho. Temos imagens de pelo menos outros dois delitos praticados por eles”, pontuou o delegado João Paulo Amazonas.

A Polícia Civil ainda procura outros dois suspeitos de participação no crime.

Últimas