Portal Correio Tiroteio deixa policial e mais três baleados durante perseguição iniciada na Avenida Dom Pedro II, em João Pessoa

Tiroteio deixa policial e mais três baleados durante perseguição iniciada na Avenida Dom Pedro II, em João Pessoa

Um tiroteio ocorrido durante uma perseguição deixou baleados ao menos um policial militar e outras três pessoas, sendo uma delas um suspeito perseguido pela polícia na Avenida Dom Pedro II, em João Pessoa. O fato teria ocorrido após um assalto a uma banca de apostas, na manhã desta terça-feira (5), e se estendeu até as proximidades de […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Material apreendido com os suspeitos detidos (Foto: Divulgação/PM)

Um tiroteio ocorrido durante uma perseguição deixou baleados ao menos um policial militar e outras três pessoas, sendo uma delas um suspeito perseguido pela polícia na Avenida Dom Pedro II, em João Pessoa. O fato teria ocorrido após um assalto a uma banca de apostas, na manhã desta terça-feira (5), e se estendeu até as proximidades de uma faculdade particular localizada no bairro Água Fria, na Zona Sul da cidade.

Segundo o tenente-coronel Barros, comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, a perseguição teve início após uma guarnição ser alertada pela população sobre o assalto.

“Dois suspeitos tentaram fugir e abandonaram o veículo no qual trafegavam e adentraram na mata às margens da BR-230. Eles foram capturados e todo o dinheiro roubado foi recuperado. Duas armas de fogo também foram apreendidas na ação”, disse o tenente-coronel. A perseguição recebeu o apoio do helicóptero Acauã, da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social, e da Polícia Rodoviária Federal.

O PM baleado na ocorrência, que é membro do 1º Batalhão da PM, foi atingido de raspão na cabeça e socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, de onde já recebeu alta. Duas pessoas que se encontravam próximas ao tiroteio foram feridas por balas perdidas, uma no ombro e outra de raspão no pescoço. As vítimas também foram atendidas no Trauma e, de acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, ambas estão com quadro clínico estável.

Conforme o tenente-coronel Barros, o suspeito baleado, que teria sido atingido em uma das pernas, também seria encaminhado ao Hospital de Trauma. O estado de saúde dele não foi informado. O criminoso e o comparsa, em seguida, serão direcionados à Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, na Zona Sul da Capital, onde ficarão à disposição da Justiça. 

A assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que os policiais que atuaram no caso serão condecorados pelo comandante-geral da PM na Paraíba, coronel Euller Chaves.

Últimas