Eleições 2022

Portal Correio TSE uniformiza horário de votação nas Eleições 2022

TSE uniformiza horário de votação nas Eleições 2022

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, na noite dessa terça-feira (14), que todos os estados terão que seguir o horário de Brasília nas Eleições de 2022 independentemente do fuso. Com a uniformização, o horário de votação em todo o Brasil será das 8h às 17h pelo horário oficial da capital federal. A alteração foi determinada […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Eleições 2022 vão definir presidente, governadores, deputados e senadores (Foto: Nelson Jr./TSE)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, na noite dessa terça-feira (14), que todos os estados terão que seguir o horário de Brasília nas Eleições de 2022 independentemente do fuso. Com a uniformização, o horário de votação em todo o Brasil será das 8h às 17h pelo horário oficial da capital federal. A alteração foi determinada em votação de resoluções das regras das eleições de 2022. A informação é do R7.

Confira como ficam os horários de votação em Capitais com fusos diferentes:

Acre: das 6h às 15h Amazonas, Rondônia, Roraima, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul: das 7h às 16h Fernando de Noronha: das 9h às 18h Restante do Brasil: 8h às 17h

Ao comentar a mudança, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, disse que a medida foi tomada para que as eleições possam transcorrer com tranquilidade e não ocorra dúvidas sobre a lisura na divulgação de resultados.

“No registro histórico que tivemos nas eleições de 2014, a diferença no horário de encerramento da votação, em quase todo o país e no estado do Acre, produziu interpretações, teorias conspiratórias e problemas que nós gostaríamos de evitar para assegurar a tranquilidade do processo eleitoral brasileiro”, argumentou.

Outras Resoluções

Na mesma sessão, o TSE aprovou mais três resoluções para as eleições do ano que vem e liberou o impulsionamento de conteúdo político na internet durante o período de pré-campanha, criou procedimentos para pedidos de direito de resposta e sobre fiscalização das contas de partidos que vão se unir em federações.

Últimas