Portal Correio UFPB diz que vai colaborar com apuração do MPF sobre suposta fraude no curso de Medicina

UFPB diz que vai colaborar com apuração do MPF sobre suposta fraude no curso de Medicina

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) informou, em nota à imprensa nesta quarta-feira (11), que vai colaborar com o Ministério Público Federal (MPF) na investigação que apura suposta compra de vaga no curso de Medicina. A denúncia é de que um estudante ingressaria no semestre 2021.2 mediante pagamento de R$ 80 mil.   “O reitor […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Centro de Ciências da Saúde da UFPB (Foto: Divulgação/Angélica Gouveia)

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) informou, em nota à imprensa nesta quarta-feira (11), que vai colaborar com o Ministério Público Federal (MPF) na investigação que apura suposta compra de vaga no curso de Medicina. A denúncia é de que um estudante ingressaria no semestre 2021.2 mediante pagamento de R$ 80 mil.  

“O reitor da UFPB, Valdiney Gouveia, que tomou conhecimento do procedimento que tramita no MPF-PB somente nesta terça (10), quando estava em viagem oficial a Recife (PE), determinou imediatamente o levantamento de todas as informações sobre os fatos para, no prazo de até 10 dias, apresentar manifestação ao MPF-PB. A UFPB vai colaborar com todas as informações para instrução do procedimento, objetivando auxiliar na apuração pelo MPF-PB e comprovação da sua procedência ou não, visando a adoção das medidas cabíveis”, divulgou a instituição.

A UFPB destacou que tem história marcada por “credibilidade, responsabilidade e compromisso para com a educação, a comunidade acadêmica e a sociedade em geral”. A instituição também pontuou que o período 2021.2, ao qual se refere a denúncia, ainda não foi iniciado. “A instituição deu início, no último dia 9 de agosto 21, ao período suplementar 2021.1. Lembrando que as vagas da UFPB são preenchidas mediante Sistema de Seleção Unificada (Sisu)”, ressaltou a instituição.

Últimas