Cidades Porteiro suspeito de estupro de vulnerável em João Pessoa é indiciado

Porteiro suspeito de estupro de vulnerável em João Pessoa é indiciado

O porteiro de um prédio em Tambaú, na Orla de João Pessoa, foi indiciado por estupro de vulnerável. As informações são da TV Correio, nesta segunda-feira (22). O relatório da investigação traz informações sobre indícios mínimos de materialidade do crime. O documento foi enviado pela Polícia Civil para o Ministério Público da Paraíba (MPPB). O […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Câmaras de segurança gravaram parte do que é denunciado pela mulher (Foto: Reprodução/TV Correio)

O porteiro de um prédio em Tambaú, na Orla de João Pessoa, foi indiciado por estupro de vulnerável. As informações são da TV Correio, nesta segunda-feira (22).

O relatório da investigação traz informações sobre indícios mínimos de materialidade do crime. O documento foi enviado pela Polícia Civil para o Ministério Público da Paraíba (MPPB).

O caso

Uma mulher de 27 anos denunciou ter sido estuprada, na madrugada de 10 de janeiro deste ano, pelo porteiro do prédio onde mora no bairro de Tambaú, na Orla de João Pessoa.

A mulher disse que saiu para se divertir com amigos e ao voltar para o prédio, estava muito embriagada e pediu ajuda ao porteiro para que ele a levasse ao apartamento dela.

Conforme o relato, ele a levou para outro andar e teria cometido o estupro. Ela explicou que não teve forças para reagir contra o homem.

O percurso feito da portaria até esse ponto onde o homem a levou é monitorado por câmeras e as imagens foram compartilhadas pela mulher nas redes sociais, mas o local exato onde teria ocorrido o estupro não tem câmeras segurança.

Últimas