Cidades PR: motorista diz que ônibus teve 3 falhas mecânicas antes de acidente

PR: motorista diz que ônibus teve 3 falhas mecânicas antes de acidente

Revelação foi feita em um segundo depoimento à Polícia Civil, nesta 3ª feira (26), em investigação da tragédia que matou 19

  • Cidades | Do R7, com informações da Record TV

Resumindo a Notícia

  • Ônibus saiu da pista na altura da Curva da Santa e bateu em mureta de proteção
  • Veículo havia saído de Belém (PA), na na sexta-feira (22), com 53 passageiros
  • Em primeiro depoimento, funcionário disse que ônibus havia perdido os freios
  • Um segundo motorista descansava no momento do acidente dentro do ônibus e também é alvo de inquérito
Acidente com ônibus no PR provocou 19 mortes e deixou mais 31 feridos

Acidente com ônibus no PR provocou 19 mortes e deixou mais 31 feridos

Reprodução/RicMais

O motorista do ônibus de turismo que despencou de um barranco na BR 376, altura do km 668, na região de Guaratuba, no interior do Paraná, afirmou nesta terça-feira (26), em um segundo depoimento à Polícia Civil, que o veículo havia apresentado três defeitos mecânicos antes da viagem. O acidente, ocorrido na segunda-feira (25), deixou 19 mortos e 31 de feridos.

O funcionário, que é investigado no inquérito que apura as causas do acidente, afirmou que o ônibus teve problemas na hora do acidente. As informações são da Record TV.

Anteriormente, ele havia dito que o veículo teve problemas nos freios e, por isso, ganhou muita velocidade — estaria a cerca de 110 km/h — em um trecho de declive, provocando a perda de controle da direção. Ele ainda teria pensado em encostar em um caminhão bi-trem para reduzir a velocidade, mas desistiu porque a carreta soltava fumaça.

Uma equipe da Polícia Civil de Curitiba assumiu as investigações. Por enquanto, não se sabe se houve uma pane ou falha humana. Ambas as hipóteses não estão descartadas.

Acidente semelhante também é investigado

No dia 6 de janeiro, outro ônibus de turismo quase se envolveu em um acidente semelhante em uma rota entre o Pará e Santa Catarina. Porém, o motorista desse à polícia que um caminhão o impediu de acessar o dispositivo e a única opção foi descer a serra, mesmo sem freios.

Uma equipe do governo paraense foi até o Paraná para tratar do transporte dos corpos — que devem ser levados até Belém nesta quarta-feira (27).

Últimas