Cidades Preço do milheiro de tijolos em CG tem variação de até R$ 200

Preço do milheiro de tijolos em CG tem variação de até R$ 200

Levantamento feito pelo Procon de Campina Grande nessa quinta-feira (23) mostrou que

Portal Correio

Levantamento feito pelo Procon de Campina Grande nessa quinta-feira (23) mostrou que o consumidor precisa pesquisar bem na hora de comprar materiais de construção. O preço do milheiro de tijolos de oito furos, por exemplo, pode ser comprado, dependendo da loja, a preços que vão de R$ 500 a R$ 700. Veja a pesquisa completa.

Leia também:

Pandemia impediu que 504 mil na PB conseguissem emprego em junho

A pesquisa consultou preços de 13 produtos praticados por 20 estabelecimentos da cidade. Variações expressivas foram encontradas nos valores cobrados pela areia (diferença de até R$ 23 por metro) e massame (diferença de R$ 32). Além disso, o rejunte podia ser encontrado por R$ 1,99 ou até R$ 6,50.

O Procon destaca que a pesquisa não abrange todas as lojas de materiais de construção na cidade. Caso o consumidor encontre lojas com valores ainda maiores que os apontados no levantamento, uma denúncia deve ser formulada imediatamente ao órgão de defesa.

“É importante que, antes de tudo, o consumidor peça orientação para um profissional sobre os melhores produtos e depois faça uma minuciosa pesquisa de preços junto às lojas. Após comprar, o consumidor deve confirmar todo o material na hora da entrega, inclusive quantidade e valores. Caso haja irregularidades, não aceite o produto nem assine o recibo. Faça uma observação no verso da nota fiscal e entre em contato com a loja para resolver a questão. Não solucionando o problema, recorra ao Procon de Campina Grande”, orienta o coordenador executivo do Procon Municipal, Rivaldo Rodrigues.

Contatos do Procon-CG 151 98185-8168 98186-3609 98123-0749

Últimas