Cidades Prefeitura de João Pessoa mantém serviço telefônico para orientar sobre Covid-19

Prefeitura de João Pessoa mantém serviço telefônico para orientar sobre Covid-19

A Prefeitura de João Pessoa segue com o serviço do Tele + Saúde, que a população pode ter acesso para tirar dúvidas e receber orientações sobre à Covid-19 através do número 3218-9214. O atendimento é realizado por um médico, que faz a avaliação do quadro clínico a partir do relato do paciente. Segundo a Secretaria […]

Portal Correio
Aplicativos

Aplicativos

Portal Correio
Foto: Divulgação/Marcos Santos/USP Imagens

A Prefeitura de João Pessoa segue com o serviço do Tele + Saúde, que a população pode ter acesso para tirar dúvidas e receber orientações sobre à Covid-19 através do número 3218-9214. O atendimento é realizado por um médico, que faz a avaliação do quadro clínico a partir do relato do paciente.

Segundo a Secretaria de Saúde do Município, serviço é importante para notificar casos da doença e encaminhar a população para o equipamento de saúde do município referência no tratamento, nos casos que exigem maiores cuidados.

Na maioria das ligações, de acordo com o coordenador do Tele + Saúde, João Rodolfo, as pessoas relatam sintomas leves, que podem estar associados à Covid-19, no entanto, podem ser tratados em casa.

De acordo com a secretaria, esse atendimento evita aumento da taxa de transmissão do vírus e do fluxo nas Unidades de Saúde da Família e nas Unidades de Pronto Atendimento (Upas).

“O objetivo é desafogar esses equipamentos, porque o nosso atendimento é o mesmo que é oferecido de forma presencial”, disse.

Uma equipe do Tele + Saúde, que também faz a prescrição de medicamento, é composta por quatro médicos, sendo três médicos residentes em Medicina de Família e Comunidade (MFC), e um médico preceptor, especialista em MFC, funcionando de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 12h às 16h.

“É importante que a população acesse o serviço antes de procurar uma unidade de saúde. Para agilizar o atendimento, é necessário que o usuário tenha em mãos identidade e o cartão do SUS”, finalizou o coordenador.

Últimas