Cidades Prefeitura segue decreto do Governo do Estado e edita medidas mais rígidas para controle da Covid-19 em Sapé

Prefeitura segue decreto do Governo do Estado e edita medidas mais rígidas para controle da Covid-19 em Sapé

A Prefeitura de Sapé vai seguir as orientações do decreto do Governo do Estado, divulgado na quarta-feira (19), que prevê medidas mais rígidas para o combate à pandemia do novo coronavírus para municípios que se encontram na bandeira laranja. A 25ª avaliação do Plano Novo Normal, publicada no último sábado (15), apontou que Sapé permanece […]

Portal Correio

A Prefeitura de Sapé vai seguir as orientações do decreto do Governo do Estado, divulgado na quarta-feira (19), que prevê medidas mais rígidas para o combate à pandemia do novo coronavírus para municípios que se encontram na bandeira laranja. A 25ª avaliação do Plano Novo Normal, publicada no último sábado (15), apontou que Sapé permanece nessa classificação e deve aplicar certas restrições para evitar o aumento dos casos da doença. A vigência do decreto é de 20 de maio até 2 de junho.
 
O município havia produzido um decreto municipal, mas por conter medidas mais rígidas, o decreto estadual se sobrepôs e será seguido em Sapé, conforme entendimento reiterado dos Tribunais.
 
Entre as mudanças previstas pelo governo e aplicadas em Sapé desde quinta-feira (20), está o horário de funcionamento de alguns estabelecimentos: bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência poderão atender das 6h às 16h; após esse horário, ficarão liberados os serviços de delivery e de retirada do produto em loja.  Cinemas, museus, teatros, circos, casas de festas, centros de convenções, salas de espetáculos e eventos sociais estão impedidos neste período.
 
O decreto determina ainda que estabelecimento do setor de serviços e o comércio poderão funcionar até dez horas contínuas por dia, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências; atividades da construção civil podem ocorrer entre 6h30 às 16h30. Shoppings centers e centros comerciais devem funcionar das 10h às 22h, e bares e restaurantes contidos nesses ambientes podem atender de forma presencial das 6h à 16h e lanchonetes até 22h, mas sem comercialização de bebidas alcóolicas.
 
O prefeito de Sapé, Major Sidnei, ressalta que as medidas mais restritivas são importantes para impedir que haja aumento de casos e uma nova onda da Covid-19. “Estamos na bandeira laranja e nosso objetivo é conseguir chegar à bandeira amarela, por isso, vamos tomar todas as ações necessárias para que o município possa avançar no enfrentamento ao vírus. Precisamos ter todo o cuidado nesse momento, pois a pandemia não acabou”, afirmou.
 
A Prefeitura de Sapé segue adotando ações para prevenção e redução da transmissão do coronavírus na cidade. Além da sanitização dos ambientes, a Secretaria de Saúde tem feito testagem de pessoas com suspeitas do vírus no Centro Covid e seguido o Plano Nacional para a imunização contra a Covid. Sapé já registrou mais de 2,5 mil casos da doença e já aplicou, até a última sexta-feira (14), 14.759 doses da vacina”, disse a gestão local.

Últimas