Cidades Procon autua 62 postos de combustíveis por cobrança abusiva de preços

Procon autua 62 postos de combustíveis por cobrança abusiva de preços

O Procon de João Pessoa autuou 62 postos de combustíveis por cobrança

Portal Correio

O Procon de João Pessoa autuou 62 postos de combustíveis por cobrança abusiva de preços. A notificação ocorre após análise de notas fiscais entregues no início de janeiro. A inspeção apontou que os dados registrados não condizem com os valores aplicados aos consumidores.

Leia também:

Banco Central mantém juros básicos em 2% ao ano

As notas fiscais de aquisição de todos os tipos de combustíveis foram solicitadas porque o Procon-JP queria avaliar se os aumentos registrados nas pesquisas comparativas estavam dentro dos índices legais. Os estabelecimentos autuados terão o prazo de 10 dias para realizarem a defesa administrativa junto à Secretaria.

“Esta é a primeira etapa do processo de análise, que está sendo feita caso a caso. Agora estamos avaliando outras situações como uma possível uniformização nos preços praticados nas bombas em diversos estabelecimentos”, explicou o secretário do Procon-JP, Rougger Guerra. “Vamos continuar com nossas pesquisas comparativas dos preços dos combustíveis, já que elas nos dão um parâmetro para trabalharmos a oscilação do mercado”, salientou.

Últimas