Prorrogada primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa na PB

A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa na Paraíba foi

A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa na Paraíba foi prorrogada até o dia 31 de julho. O anúncio foi feito pelo governador João Azevêdo nesta segunda-feira (29), durante o programa ‘Fala, governador’. A comprovação da vacinação pelo produtor rural poderá ser feita até o dia 31 de agosto.

Com a prorrogação, o Estado espera atingir a meta de imunizar mais de 90% do rebanho para continuar com o status de área livre de febre aftosa com vacinação e pleitear o status de área livre de febre aftosa sem vacinação em 2021.

“Para que a gente atinja esse patamar é preciso complementar a vacinação de todo nosso rebanho e eu tenho certeza de que vamos atingir essa meta. A vacinação é fundamental, pois permite ao produtor rural a comercialização do gado com a devida tranquilidade, apresentando a comprovação de vacinação”, explicou o governador.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

A extensão do prazo para vacinação foi aceita pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e atende a um pleito de representantes dos produtores rurais dos estados da Paraíba, Maranhão e Piauí e do Fórum Nacional dos Executores de Sanidade Agropecuária (Fonesa) Nordeste, em virtude da pandemia do coronavírus.

No pedido, as entidades envolvidas apresentaram documentos indicando, até o momento, os baixos índices de comercialização de vacinas nas revendas e alertando para a necessidade de prorrogação da etapa para que os produtores rurais consigam vacinar os seus animais.