Três empresários chineses são investigados por sonegação de impostos em Montes Claros

A Receita Estadual, o Ministério Público Estadual e a Polícia Militar fizeram, na manhã desta quinta-feira (16), uma força-tarefa pra combater a sonegação fiscal em Montes Claros. Os alvos da Operação Mandarim são empresários chineses que atuam no município. A suspeita é que em três anos eles tenham comercializado cerca de R$ 56 milhões em mercadorias sem nota fiscal. O prejuízo chega a R$ 10 milhões aos cofres públicos do estado. Somente na casa de um dos investigados, a polícia apreendeu R$ 500 mil em espécie, que estavam em um cofre. A origem do dinheiro está sendo investigada.