Cidades Restaurante é interditado por risco de explosão em Cabedelo

Restaurante é interditado por risco de explosão em Cabedelo

O restaurante Mão Branca, localizado em Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa, foi

Portal Correio

O restaurante Mão Branca, localizado em Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa, foi interditado, nesse domingo (13), por oferecer risco de explosão na central de gás e infringir regras relativas à manipulação de alimentos. A interdição é resultado da Operação Festa Segura, coordenada pelo Procon Estadual, em parceria com a Vigilância Sanitária, o Corpo de Bombeiros e a Policia Militar. A ação continuará até o fim do ano.

Neste fim de semana, foram inspecionados 10 bares e restaurantes de Cabedelo. Em todos eles foram constatadas inadequações com legislações. Foram emitidas notificações nos casos em que não havia prejuízo à saúde do consumidor e autos de infração em situações que puseram em risco a vida dos clientes. Os estabelecimentos receberam um prazo para se adequarem as normas vigentes.

Entre as diversas irregularidades constatadas nos estabelecimentos, estavam os seguintes: alimentos com data de validade vencida sendo oferecido para consumo, alimentos mal acondicionados, molhos guardados em embalagens de produtos de limpeza, falta de precificação em cardápio, funcionários sem máscaras, não fornecimento de álcool em gel para clientes, não verificação de temperatura e não sinalização em ambientes.

Foi verificado, ainda, que alguns estabelecimentos não tinham alvará de funcionamento regulares. Além disso, foram encontrados extintores com prazo de validade vencido e alguns locais sequer possuíam o equipamento de combate a incêndio.

“Vamos intensificar a fiscalização. Alertamos a todos os fornecedores e consumidores de suas responsabilidades. O Procon-PB faz um chamamento da sociedade civil para participar dessa ação realizando denúncias, em especial sobre aglomerações e não cumprimento de normas sanitárias contra a disseminação do novo coronavírus”, diz a superintendente do Procon-PB, Késsia Liliana Cavalcanti.

Canais de denúncias ao Procon-PB Telefone – 151 WhatsApp – (83) 98618-8315 Instagram – @proconpb Site – procon.pb.gov.br

Últimas