Cidades RS inicia investigações após novo surto de gafanhotos

RS inicia investigações após novo surto de gafanhotos

Informações, segundo o órgão, partiram de produtores, sindicatos rurais e entidades da região. Infestação não deve apresentar risco, avalia agrônomo

Chefe de divisão da Seapdr tranquilizou população sobre o problema

Chefe de divisão da Seapdr tranquilizou população sobre o problema

Reprodução/Pexels

Após novo surto de gafanhotos na região noroeste do Rio Grande do Sul, próximo à Argentina, a Seapdr (Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural) iniciou nesta segunda-feira (30) uma investigação para o enfrentamento à chegada dos animais.

As informações, como aponta o órgão, partiram de produtores, sindicatos rurais e entidades da região.

“Estamos averiguando a situação, mas, segundo as informações obtidas, não se tratam de gafanhotos migratórios da espécie Schistocerca cancellata, com a Portaria de emergência vigente. A ocorrência de surtos de gafanhotos de diversas espécies é esperada devido às condições climáticas e a época do ano", afirmou Ricardo Felicetti, agrônomo e chefe da Divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Seapdr, tranquilizando a situação.

Segundo o que se apurou até o momento, as infestações serão descentralizadas e, por isso, não deverão formar nuvens de gafanhotos.

A suspeita, prossegue o órgão, é de que o atual surto se trate de uma espécie comum e endêmica.

A secretaria pede que quaisquer informações sobre surtos sejam enviadas aos seguintes canais de comunicação:

Whatsapp: (51) 8412 9961

E-mail: vigifito@agricultura.rs.gov.br

Atendimento DDSV: (51) 3288-6289, 3288-6294

Últimas