Cidades Santos e Matheus Cunha abrem participação de paraibanos em Tóquio

Santos e Matheus Cunha abrem participação de paraibanos em Tóquio

O goleiro Santos e o atacante Matheus Cunha são os primeiros paraibanos a entrarem em campo nas disputas do Jogos de Tóquio. Os dois fazem parte da Seleção Brasileira de Futebol que estreia nesta quinta-feira (22), às 5h30 (horário de Brasília). O Brasil enfrenta a Alemanha em Yokohama. No dia seguinte, a Paraíba será representada […]

Portal Correio
Foto: Imagem ilustrativa/Fernando Frazão/Agência Brasil/Fotos Públicas

O goleiro Santos e o atacante Matheus Cunha são os primeiros paraibanos a entrarem em campo nas disputas do Jogos de Tóquio. Os dois fazem parte da Seleção Brasileira de Futebol que estreia nesta quinta-feira (22), às 5h30 (horário de Brasília). O Brasil enfrenta a Alemanha em Yokohama.

No dia seguinte, a Paraíba será representada por Álvaro Filho, que faz dupla com Alysson no Vôlei de Praia. Eles entram em quadra para encarar Azaad e Capogrosso, às 22h.

No sábado (24) será a vez de Edival Pontes Netinho, que disputa lutas de taekwondo, na categoria peso pena 68 kg. A luta está marcada para as 22h. O jovem paraibano briga por uma inédita medalha olímpica para o Brasil em Jogos Olímpicos.

Na sequência da programação dos Jogos de Tóquio, a paraibana Luana Lira disputa as provas de saltos ornamentais no trampolim de 3 m feminino, dia 30, às 3h.

Ainda no dia 30, tem estreia no lançamento de disco feminino, na fase de qualificação, quando a paraibana Andressa Morais disputa a primeira prova às 21h30.

No dia 2 de agosto tem provas de lançamento de dardo feminino, na fase de qualificação e a Paraíba será representada por Jucilene Sales de Lima, às 21h20.

Ficha técnica de cada paraibano

Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Foto: Wagner Carmo/Divulgação

Andressa Oliveira de Morais

Natural de João Pessoa, nasceu no dia 21 de dezembro de 1990. Principais conquistas na carreira foram a medalha de ouro nos Jogos Sul-americanos de Cochabamba 2018 e tricampeã sul-americana (2011, 2017 e 2019). Ela vai competir em Tóquio na prova de lançamento do disco.

A atleta de 1,79 m, pesa 100 kg e representa o Esporte Clube Pinheiros (SP). Ela é treinada por Everton Luiz Ribeiro e Julian Mejías. Antes de se firmar na prova de lançamento do disco, Andressa se revezava entre as provas de arremesso de peso, lançamento de martelo e lançamento de disco, mas foi nessa última que a atleta obteve grande destaque, se classificando para os Jogos de Londres 2012 e Rio 2016.

Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Jucilene (Foto: Reprodução/TV Correio)

Jucilene Sales de Lima

Nasceu no 14 de setembro 1990, na cidade de Taperoá, Sertão da Paraíba. Ele disputa a prova de lançamento de dardo. As principais conquistas na carreira foram medalha de bronze nos Jogos Pan-americanos de Toronto 2015, além da prata nos Jogos Sul-americanos de Santiago 2014. Ele ainda foi vice-campeã sul-americana (2009). Jucilene tem 1,74 m e pesa 74 kg. Ela representa o IEMA (SP), tendo como treinador João Paulo da Cunha. Jucilene foi recordista brasileira no lançamento de dardo desde 2014 e ainda colecionou bons resultados nas categorias de base. Em 2021, voltou a lançar mais de 61 metros após seis anos.

Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Luana Lira (Foto: Jonne Roriz/COB)

Luana Wanderley Moreira Lira

É natural de João Pessoa, nascida no dia 5 de março de 1996. Entre as principais conquistas na carreira está ser a campeã sul-americana de 2021. Ela vai disputar a prova de trampolim 3 m nos Saltos Ornamentais. A atleta tem 1,58 m de altura e pesa 53 kg. Ela pertence ao Instituto Pro Brasil (DF), sendo treinada por Oscar Ramírez. A atleta Luana Lira sonhava em ser ginasta, mas o clube em João Pessoa não oferecia treinos da modalidade. Foi então que um professor a convidou para os saltos ornamentais. Desde 2014, a atleta treina em Brasília.

Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Matheus Cunha (Foto: Lucas Figueiredo/Divulgação)

Matheus Santos Carneiro da Cunha

O atacante da Seleção Brasileira de Futebol de Campo, nasceu em João Pessoa no dia 27 de maio de 1999.

Ele tem 1,84 m e pesa 75 kg e nunca defendeu os clubes profissionais da Paraíba.

Atualmente pertence ao Hertha Berlim (Alemanha). O treinador é Pál Dárdai. Matheus Cunha é um dos principais destaques da seleção comandada por André Jardine, tendo sido artilheiro do Torneio de Toulon, em 2019, e do Pré-Olímpico, competição que garantiu o futebol brasileiro em Tóquio.

Santos

Santos

Portal Correio
Aderbar Santos (Foto: Reprodução/Instagram)

Aderbar Melo dos Santos Neto

Conhecido apenas como Santos, o goleiro da Seleção Brasileira de Futebol de Campo é natural de Campina Grande, nascido no dia 17 de março de 1990. Ele tem 1,88 m e pesa 79 kg.

O goleiro Santos defende o Athletico (PR) e o treinador é António Oliveira. Ele deixou a Paraíba ainda garoto e nunca jogou pelos clubes do estado.

Melhor goleiro do Brasileirão 2019, Santos vai repetir o feito do antigo companheiro Weverton, que se destacou no gol do Athletico e acabou convocado para os Jogos Olímpicos como um dos três atletas acima de 23 anos.

Edival Marques Quirino Pontes, Netinho

Edival Marques Quirino Pontes, Netinho

Portal Correio
Edival Marques Quirino Pontes, Netinho (Foto: Reprodução/Instagram)

Edival Marques Quirino Pontes

Netinho nasceu no dia 11 de dezembro de 1997.

Ele é o representante brasileiro no Taekwondo na categoria até 68 kg. Ele tem 1,87 m, pesa 68 kg e vai representar o Pro Team Taekwondo (SP), tendo como treinador Nicholas Pigozzi.

Netinho superou a falta de estrutura no início da carreira para conquistar todos os títulos possíveis na base: Sul-americano, Mundial Juvenil e Jogos Olímpicos da Juventude.

Agora, tenta repetir a dose na categoria adulta, já tendo no currículo o ouro no Pan de Lima, em 2019.

Álvaro

Álvaro

Portal Correio
Álvaro Filho (Foto: Arquivo/Jornal Correio)

Álvaro Magliano de Morais Filho

Com um rosário de conquistas, o atleta disputa a prova de Vôlei de Praia. Natural de João Pessoa, ele nasceu em 27 de novembro de 1990. Tem 1,85 m e peso 85 kg. Álvaro Filho forma dupla com Alison. Entre as conquistas estão ser vice-campeão Mundial (2013), medalha de prata nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015, medalha de prata nos Jogos Sul-americanos de Praia Uruguai 2009. Álvaro Filho e Alisson são treinados por Leandro Brachola. Álvaro gostava de jogar futebol na adolescência. Porém, mudou de esporte por influência do pai. A marca registrada é o chapéu de couro de cangaceiro, que costuma usar nas premiações de torneios internacionais.

Últimas