Cidades Santos vence a Chape por 1 a 0 e dorme na liderança do Brasileirão

Santos vence a Chape por 1 a 0 e dorme na liderança do Brasileirão

Em Chapecó, equipe paulista venceu, chegou aos 36 pontos e aguarda o resultado do clássico entre Flamengo e Palmeiras para recuperar liderança

Campeonato Brasileiro

Santos vence a Chape com gol contra de Gum e é líder provisório do Brasileiro

Santos vence a Chape com gol contra de Gum e é líder provisório do Brasileiro

TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 31.08.2019

O Santos venceu a Chapecoense por 1 a 0, neste sábado (31), na Arena Condá, em Chapecó, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, placar que proporcionou ao time paulista dormir na liderança da competição.

Leia também: Torcedor cai de anel superior do Morumbi e atinge menina na queda

Com o resultado, o Santos chegou aos 36 pontos, três a mais que o Flamengo — o time rubro-negro enfrenta o Palmeiras, neste domingo, no Maracanã. Já a Chapecoense permaneceu com os mesmos 14 pontos e segue em 17º, dentro da zona de rebaixamento do Nacional.

O jogo

Pressionada pela zona do rebaixamento, a Chapecoense começou a partida buscando sufocar o adversário.

O time alviverde catarinense tinha mais volume de jogo nos primeiros minutos. Mas a equipe santista conseguiu reverter rapidamente tal quadro e levou mais perigo nas arrancadas ofensivas.

O Santos teve duas boas oportunidades para abrir o placar com o venezuelano Soteldo, uma delas em uma bom lance de cabeça que passou muito perto da trave direita do goleiro Tiepo, aos 25 minutos.

A melhor chance do time da casa ocorreu aos 34 minutos, quando Campanharo arriscou de longe e a bola caiu no canto direito de Éverson, que teve trabalho para defender.

Porém, aos 38 minutos, Soteldo recebeu no bico esquerdo da área e cruzou. O zagueiro e capitão Gum tentou cortar, mas o desvio enganou Tiepo: 1 a 0 Santos.

Leia também: Fábio pode igualar recorde histórico de Rogério Ceni no Brasileirão

Antes do apito final do primeiro tempo, aos 49 minutos, o atacante Eduardo Sasha recebeu dentro da área e bateu forte, mas a bola subiu demais e passou sobre a trave superior do goleiro da Chapecoense.

Na segunda etapa, logo aos 6 minutos, o Santos quase ampliou o placar em uma ótima cabeçada do zagueiro Lucas Veríssimo, após cobrança de escanteio.

A equipe paulista teve outras duas grandes chances de marcar o segundo gol com Eduardo Sasha, mas o goleiro Tiepo conteve as investidas do adversário.

A Chape tentou aumentar o volume de jogo e levou perigo para o goleiro Éverson, mas não conseguiu chegar ao empate e amargou a nona derrota no Brasileirão.

Defensivo ou ofensivo? Conheça o DNA dos grandes clubes brasileiros: