São Paulo Chaveiro faz prece em voz alta e é salvo de 'tribunal do crime' pela PM

Chaveiro faz prece em voz alta e é salvo de 'tribunal do crime' pela PM

Policiais seguiam pista e descobriram cativeiro. Criminosos faziam julgamento por considerar que o homem era informante da polícia

  • São Paulo | Do R7*, com informações do Cidade Alerta

Cativeiro na comunidade de Guarujá, em São Paulo

Cativeiro na comunidade de Guarujá, em São Paulo

Divulgação/ Cidade Alerta 14.10.2021

A Polícia Militar localizou um chaveiro de 53 anos que era mantido em cativeiro por uma facção criminosa desde a última segunda-feira (11) em  uma comunidade em Guarujá, no litoral de São Paulo.

De acordo com a investigação, a vítima estava sendo julgada por um 'tribunal do crime' por ter ajudado a polícia em uma operação que apreendeu R$ 5 milhões em drogas. 

Para os criminosos, o chaveiro seria um informante, quando, na verdade, ele só teria sido chamado para exercer sua profissão, ao abrir uma fechadura para a polícia.

A polícia recebeu a informação de que um homem estava sendo vítima de sequestro por membros de uma organização criminosa. Segundo as autoridades, ao chegaram ao local, o homem estava em um 'tribunal do crime' para ser executado e fazia orações em voz alta.

Os agentes salvaram o chaveiro, e os integrantes da organização fugiram. As drogas que estavam no cativeiro foram apreendidas.

Últimas