Cidades Sapé discute novo decreto sobre funcionamento de estabelecimentos

Sapé discute novo decreto sobre funcionamento de estabelecimentos

A Prefeitura de Sapé reuniu autoridades e representantes da sociedade para discutir

Portal Correio

A Prefeitura de Sapé reuniu autoridades e representantes da sociedade para discutir um novo decreto que estabelecerá regras de funcionamento de estabelecimentos na pandemia do coronavírus. O encontro aconteceu nessa quarta-feira (26).

Dentre as decisões tomadas em conjunto, estão a elevação da multa para os estabelecimentos que não cumprirem com as determinações de distanciamento social, uso de máscaras e disponibilização de álcool em gel. A penalidade deixará de ser leve, com multa de R$ 2 mil a R$ 17 mil, para grave, de R$ 17 mil a R$ 200 mil.

“Pela primeira vez, desde que a doença provocada pelo coronavírus atingiu o município, nenhuma tomada de decisão havia contado com o diálogo com a população como aconteceu. Nós buscamos expor o quadro para a sociedade civil organizada e propomos a busca de soluções em conjunto, onde um segmento se preocupa com o outro para, juntos, fazermos o melhor para a população”, explicou o prefeito Sidnei Paiva.

O gestor ressaltou que a fiscalização será mais rígida para conter o avanço da doença, que, desde o final do ano passado, voltou a acometer mais pessoas. Conforme o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, a cidade de Sapé registrou 1.541 de casos confirmados, 67 óbitos e 1.406 recuperados. O município está na classificação laranja.

A reunião contou com representantes dos supermercadistas, dos proprietários de bares e restaurantes, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), dos proprietários de academias e de escolas privadas, além de líderes religiosos, vereadores, representantes da Polícia Militar e de todos os membros do Comitê Municipal da Covid-19.

Últimas