Cidades Thiaguinho é alvo de críticas após anunciar shows na pandemia

Thiaguinho é alvo de críticas após anunciar shows na pandemia

Thiaguinho anunciou que vai se apresentar com a turnê Infinito no Rio de Janeiro no início de julho. “Turnê Infinito chegando no Rio de Janeiro/RJ! Dias 2, 3 e 4 de julho no Vivo Rio. A venda de ingressos começa nesta quarta-feira (23), ao meio-dia!”, postou nas redes sociais. A informação é do R7. No […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Thiaguinho (Foto: Reprodução/Instagram)

Thiaguinho anunciou que vai se apresentar com a turnê Infinito no Rio de Janeiro no início de julho. “Turnê Infinito chegando no Rio de Janeiro/RJ! Dias 2, 3 e 4 de julho no Vivo Rio. A venda de ingressos começa nesta quarta-feira (23), ao meio-dia!”, postou nas redes sociais. A informação é do R7.

No entanto, os internautas não gostaram da notícia e criticaram o cantor por voltar com os shows presenciais em meio a pandemia de Covid-19. “Show? Como assim?”; “É sério isso?”; “Não é o momento”; “500 mil mortos e você quer fazer show” foram alguns dos comentários dos seguidores.

Após as críticas, Thiaguinho limitou os comentários da publicação e frizou na legenda que todos os cuidados estão sendo tomados: “Serão shows com capacidade de lotação da casa reduzida e ingressos limitados. Além disso, todos os rigorosos protocolos de segurança serão respeitados! Já ansioso pro nosso reencontro, Rio!”.

Nessa quarta-feira (23), o cantor voltou a falar sobre o evento. Desta vez, para anunciar a abertura de venda dos ingressos. Com o intuito de tentar rebater as críticas, Thiaguinho escreveu: “Vocês já sabem que em tudo que fazemos, sempre nos preocupamos e pensamos na segurança do público. Com a turnê Infinito não podia ser diferente. Desde o início, a capacidade do Vivo Rio foi reduzida de 4.500 pessoas, para 930. Isso garante um distanciamento seguro entre as mesas, que fixamos a compra a um único CPF. Mesmo assim, o uso de máscaras é obrigatório”.

Os internautas, porém, voltaram a questionar o cantor, que também limitou a publicação.

Últimas