Coronavírus

Cidades Todos os Estados do país e o DF já iniciaram vacinação contra a covid

Todos os Estados do país e o DF já iniciaram vacinação contra a covid

Último a entrar na lista foi Rondônia, na Região Norte, que imunizou três pessoas no fim da manhã desta terça-feira (19)

  • Cidades | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Vacinação contra a covid-19 começou em 26 Estados e no DF
  • Seis Estados e o DF iniciaram campanha nesta terça-feira (19)
  • Rondônia foi o último do país, imunizando dois profissionais de saúde e um indigena
  • Mônica Calazans, em SP, foi a primeira pessoa a ser vacinada no Brasil
Enfermeiras Shirley e Marielza são as primeiras paraenses vacinadas contra a covid-19

Enfermeiras Shirley e Marielza são as primeiras paraenses vacinadas contra a covid-19

Tarso Sarraf/Estadão Conteúdo – 18.01.2021

A vacinação contra a covid-19 já começou nos 26 Estados do país e no Distrito Federal. Rondônia foi a última da lista, mas imunizou os três primeiros moradores no fim da manhã desta terça-feira (19). 

As unidades federativas que começaram a campanha de imunização hoje, além de Rondônia, foram Rio Grande do Norte, Roraima, Amapá, Acre, Bahia e Distrito Federal. Os outros 20 Estados deram a vacina na segunda-feira (18) ou no domingo (17), caso exclusivo de São Paulo.

O processo de imunização no país teve início no domingo (17), após a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) autorizar o uso emergencial da CoronaVac. Momentos depois, a enfermeira Mônica Calazans foi a primeira pessoa a ser vacinada na capital paulista. 

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), participa na manhã desta terça-feira (19) da abertura da campanha de vacinação contra a covid-19 em Salvador, na Bahia. Foram vacinados profissionais da saúde, um idoso e uma indígena nos primeiros momentos. A primeira pessoa a receber a CoronaVac foi a enfermeira Maria Angélica de Carvalho Sobrinho, de 53 anos, que trabalha na linha de frente no combate à covid-19 no Hospital Couto Maia, em Salvador.

Em Belém, no Pará, a campanha começou no Centro de Convenções que atualmente abriga um hospital de campanha na cidade. A técnica em enfermagem Shirley Maia, 39 anos, abriu a fila de vacinados contra a covid-19 no Pará. A cerimônia ocorreu no Hangar do Centro de Convenções.

Em Porto Alegre (RS), um evento marcou o início da campanha de imunização no Hospital das Clínicas da capital gaúcha, na noite da segunda-feira (18), com as presenças do governador Eduardo Leite (PSDB) e do prefeito Sebastião Melo (MDB). Uma funcionária da linha de frente no combate ao novo coronavírus foi a primeira a ser imunizada.

Na Paraíba, a escolhida foi a enfermeira Marineide Rodrigues Gouveia Ferreira, de 60 anos, que trabalha na linha de frente desde o início da pandemia. Por ser hipertensa, Marineide precisou assinar um termo de responsabilidade para atuar na área de covid do Hospital Clementino Fraga, na capital João Pessoa.

Em Sergipe, a enfermeira Sônia Aparecida Damásio, de 48 anos, foi a escolhida para inaugurar a campanha. Ela é funcionária do Hospital de Urgência Governador João Alves Filho, principal unidade hospitalar do Estado. No Estado de Alagoas, a campanha de vacinação teve início com Marta Antônia de Lima, de 50 anos, assistente social do Hospital da Mulher de Maceió.

No Distrito Federal, a enfermeira Lídia Rodrigues Marques, que trabalha no box de emergência do pronto-socorro do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), foi a primeira a receber o imunizante em cerimônia que contou com a presença do governador Ibaneis Rocha (MDB). Uma tenda foi montada no Hran para vacinar, a princípio, seis profissionais a saúde.

No Rio Grande do Norte, a Secretaria de Estado da Saúde Pública divulgou nota, nesta terça-feira, em que apresenta a distribuição do envio do primeiro lote das vacinas a serem encaminhadas aos municípios do Estado.

Maria das Graças, técnica de Enfermagem do Hospital Giselda Trigueiro, foi a primeira pessoa do Estado a ser vacinada.

O Ministério da Saúde destinou para o Rio Grande do Norte, no primeiro momento, um total de 82.440 doses. Neste cenário, estima-se vacinar nesta primeira etapa 39.259 pessoas, priorizando os seguintes grupos: trabalhadores de saúde e pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência, além dos vacinadores.

No Acre, o governador Gladson Cameli havia confirmado que a vacinação começaria nesta terça-feira (19). Na segunda, o governador disse ainda que as doses serão distribuídas para todos os municípios, usando a estrutura do Centro Integrado de Operações Aéreas. O secretário de Saúde, Alysson Bestene informou que as 40.760 doses serão distribuídas entre três grupos prioritários: trabalhadores da saúde, idosos acima de 60 anos e indígenas.

Em Roraima, os três primeiros vacinados, nesta manhã, foram a representante indígena Iolanda Pereira da Silva, de 45 anos, a profissional da saúde Gilda Aparecida, técnica de enfermagem e o idoso José Ribeiro Ferreira da Silva, de 80 anos, morador da 'Casa do Vovô'.

Um indígena, uma médica e um enfermeiro abriram a campanha em Rondônia

Um indígena, uma médica e um enfermeiro abriram a campanha em Rondônia

Secom/ Governo de Rondônia

Em Rondônia, o governo recebeu nesta terça-feira a primeira remessa de vacinas para o enfrentamento ao coronavírus e logo começou as imunizações. Dois profissionais da saúde e um indígena foram os primeiros a se imunizar contra o novo coronavírus.

Os contemplados foram Karina Negrão Zingra (médica), Márcio James Jorge Santos (enfermeiro)
e Elivar Karitiana (representante indígena).

No Amapá, uma senhora do Abrigo São José, chamada Brasiliana Trindade, de 68 anos, foi a primeira pessoa do grupo de risco a ser vacinada.

Últimas