Cidades Treze e América empatam em 2 a 2 no Amigão, em Campina Grande

Treze e América empatam em 2 a 2 no Amigão, em Campina Grande

Seis jogos, cinco empates e uma derrota. Essa é a campanha do Treze, que continua sem vencer na Série D do Campeonato Brasileiro, ficando cada vez mais longe da classificação. O Galo até que jogou bem neste domingo (11), mas ficou no empate de 2 a 2 com o América-RN, no estádio Amigão, em Campina […]

Portal Correio

Seis jogos, cinco empates e uma derrota. Essa é a campanha do Treze, que continua sem vencer na Série D do Campeonato Brasileiro, ficando cada vez mais longe da classificação. O Galo até que jogou bem neste domingo (11), mas ficou no empate de 2 a 2 com o América-RN, no estádio Amigão, em Campina Grande.

Motivado com a troca da comissão técnica, o time do Treze entrou em campo disposto a conseguir a primeira vitória na competição. O torcedor se animou e existia uma grande expectativa para quebrar o jejum, mas, na prática, não funcionou.

O Treze tomou o gol da partida logo aos dois minutos de jogo, quando mandava nas ações. O América, na primeira jogada ofensiva, conseguiu marcar através do volante Elvinho. Ele recebeu passe do meia Esquerdinha e teve categoria para colocar na saída do goleiro João Guilherme.

O empate do Treze surgiu ainda no primeiro tempo, depois de uma cobrança de falta do meia Guilherme Lobo, pelo lado esquerdo. O zagueiro Euler Viana fez aos 31 minutos. Esse foi o resultado do primeiro tempo, mesmo com o Treze jogando melhor.

Na etapa final, o Treze continuava comandando as ações no jogo do Amigão. E conseguiu fazer o segundo gol, que saiu nos pés do atacante Walisson Bahia cobrando pênalti, sofrido por ele mesmo, aos dez minutos da etapa. Com esse, gol o time do Galo criou uma série de oportunidades, mas não conseguiu ampliar o placar.

O América-RN adotou o esquema de sair nas jogadas de contra-ataque e foi dessa maneira que conseguiu empatar mais uma vez, aos 24 minutos do segundo tempo, com o atacante Bruninho. O resultado persistiu até o fim do jogo, deixando o alvinegro mais complicado na classificação geral.

O Treze jogou com João Guilherme, Júlio Ferrari, Marlon, Euler Viana, Welington Carioca, Levi, João Ananias, Guilherme Lobo, Iago Martins, Gerônimo, Warisson. O América-RN esteve com Samuel, Felipinho, Raniere, Lucão, Fernando, Erick, Guedes, Levinho, Max, Esquerdinha e Bruninho.

A partida envolvendo Treze e América-RN teve no comando da arbitragem o paranaense Robson Babinski. Como assistentes, foram escalados Oberto da Silva Santos e Ruan Neres Souza. O quarto árbitro foi Thiago Galdino, com Adriana Basílio na condição de analista de campo.

O Treze vai continuar buscando a primeira vitória na Série D, pois terá pela frente o Caucaia-CE, sábado (17), às 16h, no interior do Ceará.

Últimas