Cidades ‘Triste novidade’, diz secretário ao confirmar outra variante na PB com ‘capacidade elevada de propagação’

‘Triste novidade’, diz secretário ao confirmar outra variante na PB com ‘capacidade elevada de propagação’

A variante Alpha do coronavírus, identificada no Reino Unido, já está em circulação na Paraíba. Atualmente, a variante P1, identificada em Manaus (AM), é a que prevalece no estado. A informação foi confirmada nesta terça-feira (15) pelo secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, durante entrevista ao Correio Debate, da Rede Correio Sat. A variante […]

Portal Correio
Portal Correio

Portal Correio

Portal Correio
Geraldo Medeiros foi o entrevistado do Correio Debate da 98 FM (Foto: Reprodução)

A variante Alpha do coronavírus, identificada no Reino Unido, já está em circulação na Paraíba. Atualmente, a variante P1, identificada em Manaus (AM), é a que prevalece no estado. A informação foi confirmada nesta terça-feira (15) pelo secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, durante entrevista ao Correio Debate, da Rede Correio Sat.

A variante Alfa foi identificada entre 52 amostras da Paraíba analisadas pelo Instituto Evandro Chagas, em Belém (PA), e pela Fiocruz, no Rio de Janeiro. “Uma triste novidade”, lamentou o secretário.

Segundo Medeiros, a variante Alpha tem uma capacidade de propagação elevada, mas ainda não existe comprovação de que há ou não mais gravidade no processo de infecção.

Terceira onda

Durante a entrevista, Medeiros disse que o Brasil está na terceira onda da pandemia, devido aos elevados números de contaminação e mortes por Covid-19. “Não é o momento de relaxar”, afirmou, pedindo que a população continue com os cuidados.

Confira gráficos e números do coronavírus na Paraíba

Vacinação

A expectativa do secretário Geraldo Medeiros é que haja uma melhora nos números, com redução de contaminação, a partir de setembro deste ano, devido à vacinação. Até o fim de 2021, a previsão é que a maior parte da população já esteja vacinada com as duas doses.

Ele defendeu a segurança da imunização, explicando que 70% das internações no estado hoje são de pessoas mais jovens. O número de pessoas com idade acima de 60 anos precisando de hospitalização não forma mais a maioria, já que essa população está vacinada.

Conforme o secretário, mais de 1 milhão de novas doses de vacinas são esperadas para os meses de junho e julho, o que deverá acelerar a imunização. Até esta terça-feira (15), pouco mais de 11% da população da Paraíba foi vacinada com as duas doses contra Covid.

Decretos

Geraldo Medeiros não entrou em detalhes sobre decretos ou restrições, mas afirmou que os dados epidemiológicos estão sob avaliação para que, até o fim desta semana, haja uma posição sobre o que deverá ser mantido ou alterado no funcionamento de serviços e na mobilidade do estado.

Assista abaixo à entrevista completa.

Últimas