Vigilantes entram em greve por tempo indeterminado na Bahia

Paralisação afeta bancos e casas noturnas no Estado

Vigilantes da Bahia entraram em greve por tempo indeterminado na última terça-feira (26). A paralisação afeta o funcionamento das agências bancárias, reabastecimento de caixas eletrônicos e casas noturnas do Estado, além de outros serviços.

Os profissionais reivindicam a aplicação da lei que determina o pagamento adicional de 30% no salário por risco de morte durante o exercício da função. O valor teria que ter começado a ser pago em dezembro do ano passado.

Os vigilantes fecharam algumas ruas de Salvador durante protestos na terça-feira. Novas manifestações estão previstas também para esta quarta-feira (27).

Leia mais notícias de Cidades