Novo Coronavírus

Cidades Vítimas de incêndio em UPA são enterradas em Aracaju (SE)

Vítimas de incêndio em UPA são enterradas em Aracaju (SE)

Quatro mulheres internadas com covid-19 morreram após unidade ser atingida pelas chamadas, na manhã de sexta-feira (28)

  • Cidades | Do R7, com informações da Record TV

Incêndio em UPA de Aracaju

Incêndio em UPA de Aracaju

Divulgação/Bombeiros

Foram enterradas neste sábado (29), as quatro mulheres que morreram no incêndio que atingiu a ala de covid-19 deda UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Nestor Piva, em Aracaju (SE) na manhã de sexta-feira (28). Todas eram pacientes. Três faleceram no local e a quarta, durante a transferência.



Apenas uma das vítimas não estava na ala dedicada ao atendimento de pacientes com covid-19.

Ao todo, 72 pessoas, entre pacientes e profissionais de saúde do hospital, ficaram feridas no incêndio. Muitas sofreram queimaduras e inalaram fumaça.

Os pacientes foram transferidos em ambulâncias às pressas para outros hospitais da região. A gestão municipal informou que 35 pessoas foram transferidas a hospitais de Urgência (Huse), da Polícia Militar (HPM), Cirurgia, Santa Isabel, Senhor dos Passos, Primavera, Hapvida, Fernando Franco e leitos do Caps Jael Patrício. 

Os demais usuários do SUS, que recebiam atendimento, e funcionários que inalaram fuligem e fumaça também foram transferidos pelo Samu (Serviço Atendimento Móvel Urgência).

A suspeita é que o fogo tenha começado no ar condicionado. O laudo pericial com as causas do incêndio deve sair em 30 trinta dias, de acordo com o CBMSE (Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe).

Últimas