A história da TV Record Brasília

TV Capital, atual Record Brasília, começou sua história em 1992. Mas, bem antes disso, a Record já investia em uma filiada na capital federal.

O canal 8, antes chamado de TV Alvorada, fazia parte do grupo TV Rio e fazia parte da Rede de Emissoras Independentes. Na década de 70, a TV Rio vendeu a TV Alvorada para a Rádio Capital de Brasília. Foi então que a TV Alvorada adotou o nome de TV Capital.

No início de 1991, a Record São Paulo iniciou as negociações para adquirir a TV Capital que, na época, funcionava em um dos boxes da torre destinada aos transmissores das TVs de Brasília. Depois da aquisição, a TV Capital se tornou conhecida como Record Brasília.

Em 1997, a Rede Record adquiriu uma sede própria e definitiva, localizada no Setor de Rádio e TV Sul.
O ano de 2006 foi o ano da consolidação da empresa. Foram feitos investimentos na programação, contratação de profissionais e aquisição de equipamentos com tecnologia de ponta. A Record diversificou sua programação nacional e consolidou produções de teledramaturgia, linha de show, esporte, jornalismo, filmes e entretenimento.

As estratégias comerciais e de marketing também mudaram. Ao invés de “pacotes promocionais” oferecendo várias inserções, a Record começou a fazer um trabalho técnico e dirigido com o objetivo de valorizar os espaços e fazer vendas mais qualificadas. Neste mesmo ano, alcançou o segundo lugar em audiência no horário nobre, faixa-horária onde se concentram mais de 80% de investimento publicitário.

Em 2007, com a nova programação local, a Record Brasília se destacou com o crescimento de audiência entre as emissoras da Rede. A cultura interna mudou, ao aproximar todos os departamentos em torno de um único objetivo: a liderança. Todas as estratégias e metas eram discutidas e, quando alcançadas eram muito comemoradas por todos.

A empresa então reestruturou o departamento de marketing. Foram feitas campanhas publicitárias, ações de relacionamento com os clientes, e o jornalismo foi um grande aliado no acompanhamento das ações de merchandising, cobertura e organização de eventos, como os Jogos de Verão e de Inverno, a Corrida de Reis e a Corrida do Coração.

Depois da reformulação das redações de vários estados, em 2008, chegou a vez da Record Brasília. A empresa passou por um processo de modernização. Foram dois meses de obras, mais de 50 técnicos envolvidos e R$ 7 milhões investidos em novos equipamentos digitais para o jornalismo, estúdios e Master.

Foi criado o Newsroom com cinco cenários fixos que foram utilizados pela Record News e pelo jornalismo local. Outros investimentos significativos foram: a aquisição de caminhões up link para transmissões ao vivo, equipamentos de edição e arquivo de última geração, além das modernizações nas áreas de Operações e Produção. O projeto de ampliação aumentou a cobertura para todo o Centro-Oeste.

O ano de 2009 foi marcado pela chegada do helicóptero da Record Brasília, que traz diariamente imagens exclusivas, agilidade na produção e informações em tempo real do trânsito do DF e entorno.

O resultado de tantos investimentos foi reconhecido rapidamente. A empresa recebeu mais de 50 prêmios, entre eles o Prêmio Colunista, na categoria “Melhor veículo eletrônico”, em 2007, e o prêmio institucional “ A Mais Record das Emissoras”, em 2010, concedido à emissora da Record que mais se destacou durante o ano, considerando todas as ações, em todos os departamentos.

Ainda em 2010, foi realizado um grande investimento em infraestrutura elétrica (No-Break e Gerador) nos estúdios da emissora visando o crescimento das demandas com a futura transição dos sistemas da emissora para HDTV.

Em 2011, a Record decidiu investir ainda mais. Com o objetivo de preparar um sistema para suportar o processamento de conteúdo HDTV, o investimento foi no sistema de transmissão K2 que é responsável por toda a produção do conteúdo jornalístico Nacional e Local da emissora.

O ano de 2012 foi marcante para a Record. A emissora conseguiu migrar 100% das operações Locais e Nacionais da Record Brasília tanto na TV aberta, como na TV a cabo para SDTV 16×9 e foi a emissora oficial das Olimpíadas de Londres. Além de transmitir os jogos ao vivo ao longo de programação, a equipe estava 24 horas nas redes sociais transmitindo as principais informações para os internautas.

A transmissão exclusiva das Olimpíadas na TV aberta deu oportunidade a Record de se apresentar a uma faixa de público AB, que normalmente não sintoniza a emissora, e ampliou em 67% a participação desse nicho na sua audiência em Brasília. Na final brasileira do futebol masculino, a Record Brasília bateu recorde de participação entre as TV’s ligadas, share, de 55% – mais da metade das TV’s ligadas estavam na Record.

Em abril de 2012, foi lançado o portal R7 DF alinhado as ações promocionais no dia do Aniversário de Brasília e com toda a presença online nas redes sociais, para que já no primeiro dia no ar, o sucesso fosse certo: o site recém-nascido bateu recorde de page views e mostrou o melhor resultado entre as emissoras que já estavam com o portal no ar até aquele momento.

Em julho de 2012, a Record Brasília transformou a Esplanada dos Ministérios em um Estádio Olímpico no encerramento da jornada do Ônibus da Record. A festa começou com a chegada do Ônibus à Brasília no dia 05 de julho, onde o programa Balanço Geral foi apresentado ao vivo, direto da arena, com a participação do governador Agnelo Queiroz, e terminou com a apresentação da banda Rebeldes, com mais de 70 mil pessoas acompanhando o show.

Em 2013, a transmissão do CPD do sistema K2 para HDTV foi finalizada. A Diretoria investiu em 07 CPU’s de processamento rápido, para substituírem os que estavam nas ilhas de edição. Ainda este ano, a Record evoluiu mais ainda nas rede sociais. Foi adquirido um software que permite que os telespectadores participem ao vivo da programação local pelo twitter (@record_df) e pelo facebook (www.facebook.com/recordbrasilia). Sendo a primeira emissora de Brasília inovar e trabalhar em tempo real com um recurso de uma verdadeira televisão interativa. Além dessa inovação nas redes sociais, a Record também mudou os estúdios dos programas locais para dar uma aparência mais moderna: DF no Ar, Balanço Geral e DF Record.

No dia do aniversário de Brasília deste ano (21/04), o portal R7DF fez um ano e comemorou um crescimento de 927% em page views. Além disso, para marcar a data, o R7DF fez ainda uma ampla cobertura dos eventos preparados pela cidade para comemorar os 53 anos. Ainda não conhece o site? Acesse: http:://noticias.r7.com/distritofederal

Devido a entrega da Torre Digital pelo GDF, a Record está iniciando investimentos para uma montagem definitiva do sistema de transmissão Digital no Colorado e está dando inicio aos investimentos na compra de câmeras que operam em FULL HD para captação de jornalismo.

A Record Brasília opera no canal 8 VHS, contando também com uma retransmissora no canal 44 UHF no Gama. Na sua grade de programação local estão os telejornais “DF Direto da Redação, “DF no Ar”, “Balanço Geral” e “DF Record” .

A Record vem traçando seu caminho rumo à liderança. Investindo sempre em levar uma programação com cada vez mais qualidade e atrações diferenciadas. A emissora tem alcançado resultados que mostram a boa resposta do público a todo esse trabalho que tem sido feito.

Tudo isso mostra que a Record está no caminho certo, trazendo para a população jornalismo, esporte, entretenimento, novidades e informação do jeito certo: o jeito que o povo gosta.

Faça como a maior parte da população: fique ligado na Record Brasília.

    Access log