Distrito Federal Agentes penitenciários do DF querem liberação do porte de arma fora do horário de serviço e fazem manifestação

Agentes penitenciários do DF querem liberação do porte de arma fora do horário de serviço e fazem manifestação

Protesto reuniu pelo menos 200 pessoas na Esplanada dos Ministérios nesta terça-feira (2)

Agentes penitenciários do DF querem liberação do porte de arma fora do horário de serviço e fazem manifestação

Categoria alega receber constantes ameaças dos presidiários. Protesto reuniu pelo menos 200 pessoas

Categoria alega receber constantes ameaças dos presidiários. Protesto reuniu pelo menos 200 pessoas

Reprodução / TV Record Brasília

Uma manifestação reuniu 200 agentes penitenciários do DF na Esplanada dos Ministérios, área central de Brasília, no fim da tarde desta terça-feira (2). A categoria quer a liberação do porte de armas fora do horário de serviço.  

Os agentes se concentraram no Museu Nacional da República e seguiram em marcha até a porta do Congresso Nacional.   

Leia mais notícias no R7 DF

Duas manifestantes morrem atropeladas durante protesto por melhorias na rodovia BR-251

Para atender o pedido dos manifestantes, a presidente Dilma Rousseff precisa derrubar o próprio veto ao PL (Projeto de Lei) que regulamenta o registro, posse e comercialização de armas e munições.   

O protesto fechou duas pistas do Eixo Monumental e deixou o trânsito bastante complicado na região. Como justificativa, os agentes penitenciários argumentam que recebem constantes ameaças dos presidiários.  

Faça seu e-mail do R7
Imprima suas fotos no R7!
Venha para o R7 Banda Larga!

Assista ao vídeo: