Distrito Federal Após batalha na Justiça para conseguir embarcar em avião, menina de Brasília com epilepsia conhece o mar

Após batalha na Justiça para conseguir embarcar em avião, menina de Brasília com epilepsia conhece o mar

Nicole Sousa, de dois anos e sete meses, viu o mar pela primeira vez em Maceió (AL)

Nicole curte a praia com os pais depois de ter o embarque para o Nordeste assegurado pela Justiça do DF

Nicole curte a praia com os pais depois de ter o embarque para o Nordeste assegurado pela Justiça do DF

Reprodução/Whatsapp

Depois de um angustiante impasse que ameaçou impedir a primeira viagem de avião com a família, a menina Nicole Sousa, de dois anos e sete meses, finalmente conheceu o mar ao lado dos pais, após o desembarque em Maceió (AL) no sábado (2) procedente do Distrito Federal.

Nicole tem paralisia cerebral e chegou a ter o embarque proibido pela companhia aérea que alegava riscos a sua vida durante o voo. A menina tem crises de convulsão devido à epilepsia, mas tinha laudo médico assinado pelo neuropediatra que a atende que assegurava nada existir contra a viagem de avião e que pudesse ameaçá-la.

A família teve então de entrar com medida judicial que obrigasse a empresa aérea a permitir a presença de Nicole no voo. A juíza Tatiana Dias Silva, do Tribunal de Justiça do DF, concedeu tutela antecipada para que a garotinha pudesse viajar horas antes do embarque previsto. Segundo a juíza, o laudo médico não poderia ter sido contestado pela Avianca.

Leia mais notícias do R7 DF

Os dias de Nicole em Maceió estão sendo bem aproveitados. Ela já foi à praia com a família. Segundo a mãe, ela adora água e um dos desejos dela e do marido era o de justamente levá-la para conhecer o litoral. O tempo nublado desta segunda-feira (4) obrigou a família a mudar de planos e relaxar com a filha no hotel. A estadia dela e da família no Nordeste acaba nesta terça-feira (5).

Últimas