Polícia prende três pessoas acusadas de desviar dinheiro público no DF

Entre os suspeitos detidos está Marcos Antônio Furtado, ex-servidor do governo do Distrito Federal. De acordo com a polícia, ele roubou uma senha da área de contabilidade que permitia encaminhar boletos para pagamento. Na fraude foram desviados R$ 87 mil reais, mas o grupo tentou roubar quase R$ 3 milhões. O dinheiro desviado era do auxílio funerária e também o que seria pago a uma operadora de telefonia.