BR-040 está fechada por manifestantes há seis horas e congestionamento chega a 20 quilômetros

População pedem presença da Agência Nacional de Transportes para conversa

O protesto de usuários do transporte público do Distrito Federal que fecha a BR-040 já dura mais de seis horas, segundo a PRF-DF (Polícia Rodoviária Federal). Os manifestantes usaram pneus e caixas para colocar fogo e fechar a rodovia nos dois sentidos desde às 6h desta terça-feira (8). De acordo com a PRF, para quem deixa o DF, o congestionamento é de aproximadamente seis quilômetros. Para quem pretende chegar ao Distrito Federal, a situação é ainda pior, são 20 quilômetros de fila. 

Os protestos ocorrem em outros dois pontos e ocorrem após a paralisação dos trabalhadores da empresa Anapolina, que presta serviço na região. Os trabalhadores reclamam de atrasos no pagamento de salários e tickets de alimentação.

Os manifestantes exigem a presença de um representante da A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para conversar e, só então, encerrar o protesto.

A ANTT informou que a empresa Viacap, uma das que ganharam a licitação para o contrato emergencial, desistiu de atuar no Entorno Sul do DF. A empresa não conseguiu contratar mão de obra para atuar na região.

Leia mais notícias no R7 DF  

As outras duas manifestações que ocorreram simultaneamente no Distrito Federal na manhã desta terça-feira (8) e causaram congestionamentos em vários pontos foram na DF-290 e GO-520, todas no Entorno Sul do Distrito Federal. 

No bairro Céu Azul, na DF-290, moradores fecharam as vias da em protesto. Eles também colocaram fogo em pneus.   

Na saída do Gama, GO-520, próximo ao campus da UnB, após um ônibus quebrar, os passageiros se revoltaram e fecharam a pista. Os bombeiros foram chamados no local para o caso de o ônibus ser incendiado.