Distrito Federal Empresa suspende alimentação de funcionários de hospitais públicos do DF

Empresa suspende alimentação de funcionários de hospitais públicos do DF

Dívida da Secretaria de Saúde com a fornecedora é de R$ 15 milhões

Secretaria de Saúde está ciente do atraso

Secretaria de Saúde está ciente do atraso

Vanessa Miyasaka/R7

A empresa Sanoli, que presta serviço de alimentação aos hospitais e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) do DF, suspendeu novamente o fornecimento de alimentação para servidores na manhã desta terça-feira (4), por falta de pagamento por parte da Secretaria de Saúde.

Segundo a empresa, a dívida é de R$ 15 milhões, referente à fatura de setembro.

A Sanoli já havia paralisado suas atividades em outubro, pelo mesmo motivo. Após o pagamento da fatura do mês de agosto, a empresa retomou o fornecimento, pagou os funcionários e repôs o estoque.

Leia mais notícias no R7 DF

Funcionários da limpeza de hospitais públicos do DF iniciam paralisação

A Secretaria de Saúde do DF informa que, até o momento, não foi notificada pela Sanoli sobre qualquer interrupção no fornecimento de alimentação aos servidores e pacientes da rede pública.

A secretaria esclarece que está ciente do atraso na parcela referente ao mês de setembro e que seus gestores estão empenhados, junto às secretarias de Planejamento e Fazenda, em resolver este caso, de forma a não afetar os serviços prestados à população.

Contratualmente, a Sanoli deve executar os serviços por um período de 90 dias, independente do repasse financeiro. 

Últimas