Distrito Federal Escola do DF cita Valesca Popozuda em prova como “grande pensadora contemporânea”

Escola do DF cita Valesca Popozuda em prova como “grande pensadora contemporânea”

Unidade de ensino afirma que professor tem autonomia e não sofrerá represálias

Escola do DF cita Valesca Popozuda em prova como “grande pensadora contemporânea”

Foto de questão de prova que cita letra de Valesca Popozuda tem sido compartilhada no Facebook

Foto de questão de prova que cita letra de Valesca Popozuda tem sido compartilhada no Facebook

Montagem/Reprodução - Internet

Uma questão de uma prova de Filosofia, aplicada a estudantes do Centro de Ensino 3,de Taguatinga (DF), chamou a atenção ao ser publicada no Facebook por alunos da escola. A pergunta citava a letra do hit Beijinho no Ombro, da cantora Valesca Popozuda.

A questão contida na prova, aplicada na última sexta-feira (4), para alunos do segundo e terceiro ano do ensino médio, dizia: “Segundo a grande pensadora contemporânea Valesca Popozuda, se bater de frente é: A – tiro, porrada e bomba; B – é só beijinho no ombro; C – recalque;  D – é vida longa”.

A diretoria da escola afirma que o professor tem total liberdade para escolher as questões das provas e que o professor não vai sofrer represália devido ao caso.

Leia mais notícias no R7 DF  

Músico de Brasília faz versão inusitada para "Beijinho no Ombro", de Valesca Popozuda  

Segundo a coordenadora pedagógica da escola, Irisnar Lima, o professor Antônio Kubitschek se justificou sobre o caso.

— O professor afirma que a questão tem a ver com o conteúdo praticado em sala de aula. Segundo a coordenadora, alguns alunos foram à diretoria do centro de ensino para reclamar porque teriam achado a questão “estranha”.

Procurada pelo R7 DF, a Secretaria de Educação do DF, na noite desta segunda-feira (7) informou que ainda não tem uma posição sobre o assunto.

No Facebook

Uma foto da prova, mostrando a questão que faz referência à cantora tem sido postada no Facebook e chegou a ser postada em uma página de fãs da funkeira e rendeu comentários. Veja alguns:

“Aposto que ainda tem gente que erra uma questão dessa."

"Absurdo.”

“Vergonha quem foi o idiota que escolheu uma questão assim.”

“ Sensacional! É a cultura funk influenciando a educação brasileira!”

“Arrasou”

“Late mais alto que daqui eu não te escuto”