Distrito Federal Funcionários da limpeza de hospitais públicos do DF iniciam paralisação

Funcionários da limpeza de hospitais públicos do DF iniciam paralisação

Eles reivindicam o pagamento do auxílio alimentação que está atrasado

Servidores reivindicam o pagamento do auxílio alimentação que está atrasado desde o início do mês

Servidores reivindicam o pagamento do auxílio alimentação que está atrasado desde o início do mês

Divulgação / SindiServiço

Duzentos funcionários da empresa Ipanema Serviços Gerais, que prestam serviço de limpeza para hospitais públicos do DF iniciaram uma paralisação na manhã desta segunda-feira (20).  

Os servidores reivindicam o pagamento do auxílio alimentação que está atrasado desde o início do mês.  De acordo com o SindiServiços, o sindicato da categoria, até o momento não houve negociação.

O sindicato informou que a empresa Ipanema enviou documento para o Sindiserviços informando dificuldades para receber as parcelas do GDF (Governo do Distrito Federal). 

Já a Secretaria de Saúde informou que, dos 16 hospitais da rede, sete são atendidos pela empresa. E destes, o Sindicato informou que o de Ceilândia, Taguatinga, Samambaia e Brazlândia estão parados. 

Leia mais notícias no R7 DF

Em nota, a Secretaria de Saúde reconheceu o débito com a empresa e informou que está em negociação, com a Secretaria de Fazenda, para normalizar o pagamento pelos serviços prestados. 

A secretaria também explicou que os gestores das duas pastas estão empenhados em resolver a situação o quanto antes, de forma a não prejudicar a população. Neste momento, as unidades estão funcionando com 30% do efetivo, sendo que em alguns locais o quantitativo chega a 50%.

Os trabalhadores estão atuando nas áreas prioritárias dos hospitais, como UTIs, centros cirúrgicos e emergências.

O SindiServiços informou que diante da postura dos trabalhadores, que só retornarão os serviços quando a situação for resolvida, representantes da empresa entraram em contato com sindicato e informaram que quitarão a dívida até a próxima quarta-feira (22).  

Últimas